Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

EDISCA: uma criação da bailarina Dora Andrade em Fortaleza

O objetivo do projeto é formar cidadãos

Sábados Azuis

No AR em 12/02/2012 - 01:00

Projeto EDISCA

O próximo episódio da série Sábados Azuis: Histórias de um Brasil que dá certo, que vai ao ar no sábado (11), às 22h, tem como temática o "Brasil das Letras/Arte-Educação" e vai mostrar o projeto da Escola de Dança e Integração Social para Criança e Adolescente (EDISCA), em Fortaleza, Ceará.

Criado em 1991 pela bailarina Dora Andrade, o projeto tem como proposta educativa formar cidadãos. Fundamentado em linguagens artísticas, em especial a dança contemporânea, o EDISCA é aliado a um ambiente pedagógico saudável e estimulador.

Dora começou a fazer balé aos dez anos e seguiu na dança, tornando-se bailarina e coreógrafa, e fazendo uma carreira bem sucedida fora do Brasil. Quando voltou, abriu uma escola de balé convencional para ensinar crianças carentes e montar espetáculos em áreas menos privilegiadas. Após criar o EDISCA, ela passou a se dedicar totalmente ao projeto, coordenando as atividades da escola, além de assinar as coreografias e orientar o processo de seleção.

Muitos alunos viraram professores da escola. É o caso do Anderson, que entrou no projeto há sete anos, aos 14 de idade, e acabou ingressando no corpo de baile, onde hoje é professor. Renata está desde os 8 anos e hoje, com 18, é professora de dança para alunos iniciantes, além de integrar o corpo de baile.

O programa vai mostrar com destaque as atividades nas áreas de dança e teatro, bem como os projetos da área pedagógica do EDISCA.

 

Horário: 22h




Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 12/02/2012 - 04:00 e atualizado em 12/02/2012 - 04:00

Ultimas

O que vem por aí