Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Oficina Escola Boa Nova

Reconhecida pela Unicef como instituição modelo no atendimento de

Sábados Azuis

No AR em 04/03/2012 - 01:00

Sábados Azuis - Oficina escola

"Brasil Artesanal" é a temática do próximo episódio da série Sábados Azuis: Histórias de um Brasil que dá certo, que vai ao ar no sábado (3), às 22h. O programa vai falar do projeto Oficina Escola Boa Nova, em Ipameri, Goiás, que oferece oficinas para adolescentes de 13 a 17 anos. A ideia é que os adolescentes passem em torno de quatro horas diárias, fora do período escolar, na sede da Associação, participando das oficinas da cerâmica e tendo aulas de reforço escolar e de informática.

Os adolescentes são divididos por faixa etária. Os mais novos aprendem cerâmica manual e papel artesanal. Os mais velhos aprendem a manusear o torno e produzem peças de cerâmica. Todos os alunos recebem uma bolsa auxílio pela participação no projeto.

Transformada em um Ponto de Cultura, a Oficina foi reconhecida nos anos 80, pela Unicef, como uma instituição modelo no atendimento de crianças e adolescentes. Em 2010, ganhou do Sebrae, o prêmio Top Ten de Artesanato.

Sábados Azuis - DSC01106

Maria Elisabeth Costa conta como o trabalho da Oficina Escola Boa Nova traz benefícios à pequena cidade de Ipameri. Fato que pode ser constatado em números, devida ao baixo índice de crianças e adolescentes de rua.

Luiz Antônio Alves entrou para a oficina aos 14 anos, após ter ficado órfão de mãe. Passou sua adolescência tendo aulas na instituição e com isso, conseguiu concluir o segundo grau. Hoje, aos 49 anos, é instrutor e ensina aos jovens o ofício que aprendeu anos atrás. Na sua casa, ele e a esposa têm um ateliê, onde fabricam peças, que também são comercializadas no intuito de complementar a renda da família.



 




Criado em 04/03/2012 - 03:00 e atualizado em 18/04/2012 - 16:26

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí