Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Fábrica de sucessos de Carlos Caetano e Sombra

Convidados falam de suas composições que se tornaram sucessos do samba

Samba na Gamboa

No AR em 06/06/2017 - 22:00

Dois compositores vindos de cidades diferentes que fazem parte do grupo dos muitos compositores que apareceram no Cacique de Ramos.

Carlos Caetano, nascido no subúrbio do Rio de Janeiro e criado na comunidade do Quintino, em Brás de Pina, é um super hitmaker. Também conhecido como o “Poeta da Canção”, iniciou sua carreira como percussionista, mas logo mostrou ao mundo suas poesias. Em 1994 teve sua primeira canção gravada pelo grupo “Fundo de Quintal” e, daí em diante, disparou com suas composições, que já foram gravadas por nomes como Beth Carvalho, Almir Guineto, Jorge Aragão. Revelação, Bom Gosto entre outros.

Mais conhecido como Sombra, Washington Nunis é um compositor romântico, embora também transforme  o cotidiano em música. Nascido em Cubatão, cidade paulista, cresceu em São Vicente e se mudou para o Rio de Janeiro em 1986 com o objetivo de viver da música e para a música. Por conselho do irmão, o também sambista Sombrinha, que se mudara para o Rio anos antes e, à época fazia parte do grupo Fundo de Quintal, ele começou a frequentar as rodas do Cacique de Ramos. Lá, estreitou relações com os grandes sambistas como Luiz Carlos da Vila, Jorge Aragão, Arlindo Cruz e  Beth Carvalho. Em quase 30 anos como compositor profissional, o sambista emplacou sucessos em trilha sonora de novela e ganhou o prêmio Sharp de Música duas vezes, em 1989, e em 1999.

Carlos Caetano e Sombra cantam com Diogo Nogueira no Samba na Gamboa
Samba na Gamboa - Fábrica de Sucessos, por Divulgação

 

Apresentação: Diogo Nogueira
Produção: Tatiana Bastos e Carlos Soton
Direção: Belisario Franca

Ultimas

O que vem por aí