Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

"É dificílimo fazer um funk que o povo goste", defende Anitta

Cantora critica preconceito contra o ritmo

Ainda há muito estigma e preconceito em relação ao funk brasileiro, gênero musical surgido a partir da soul music e cuja vertente carioca, oriunda das comunidades do Rio de Janeiro, é uma de suas maiores expoentes. Na entrevista que abre a nova temporada do Segue o Som, a cantora Anitta sai em defesa do ritmo.

Anitta explica escolha de seu nome artístico

"Eu acho o funk inteligentíssimo. É dificílimo fazer um funk que o povo goste", defende Anitta. "É tudo muito peculiar, diferente e precioso. É uma batida que envolve e toca em todos os lugares", acrescenta a cantora, que começou a carreira no funk e hoje se tornou um fenômeno do funk-pop no país.

A entrevista completa com Anitta vai ao ar neste sábado, às 14h, na TV Brasil.

Anitta no Segue o Som
Anitta no Segue o Som - Divulgação

Ultimas

O que vem por aí