Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A arrojada experimentação sonora do BaianaSystem

Músicos lembram estranhamento inicial do público e marcos da carreira

Segue o Som

No AR em 28/10/2017 - 14:00

Este episódio do Segue o Som vai até Salvador para conhecer o arrojado trabalho do BaianaSystem. No bate-papo com o apresentador Maurício Pacheco, Russo Passapusso e Roberto Barreto contam que o projeto musical tem o objetivo de encontrar novas possibilidades sonoras para a guitarra baiana, instrumento criado na Bahia nos anos 1940 e intimamente ligado à criação do trio elétrico. A ideia inicial era a experimentação através de bases novas ou já conhecidas, nas quais a guitarra pudesse assumir o papel de “canto" nesse sistema, dividindo e dialogando com a voz. 

A dupla relembra o início do trabalho, ainda em 2009, quando causou certo estranhamento no público do carnaval soteropolitano, que não estava familiarizado com a inovadora linguagem proposta pelo coletivo. Superado esse momento inicial, Russo e Roberto relembram marcos da carreira da banda, como as antológicas apresentações ao lado do maestro Letieres Leite, Lenine e de BNegão. 

Outro destaque da conversa é o original trabalho gráfico de Felipe Cartaxo, que se vale de uma máscara estilizada para personificar o espírito desse pulsante e potente sound system.  

 Russo Passapusso e Roberto Barreto, do Baiana Sound System
Russo Passapusso e Roberto Barreto, do BaianaSystem - Divulgação
Tags:  Baianasystem

Ultimas

O que vem por aí