Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

"Eu consegui furar o bloqueio do Norte", orgulha-se Dona Onete

Cantora paraense colocou o carimbó nas pistas de dança pelo país afora

A carreira artística de Dona Onete começou há pouco tempo, mas sua trajetória profissional foi fundamental para impulsioná-la. Professora de história e estudos paraenses, ela também já foi secretária municipal de cultura. Essa rica bagagem cultural e o profundo conhecimento de sua terra e dos ritmos do Norte fazem o diferencial em suas produções musicais. 

Rainha do carimbó chamegado, ela se orgulha de ter conseguido romper fronteiras com o ritmo paraense, ajudando a difundi-lo pelo país."Eu consegui furar o bloqueio do Norte, que era enorme", avalia.

Dona Onete lembra ainda que sua música já chegou a ser taxada de folclórica e exótica. "Eu fiquei brava", desabafa a artista sobre o rótulo, mas diz que decidiu seguir em frente e aos poucos viu o preconceito diminuir. 

O jambu treme
Uma das canções de maior sucesso de Dona Onete é sobre o jambu, uma erva típica da região norte, mais precisamente do Pará, muito utilizada na gastronomia regional e famosa por causar uma leve dormência na boca. No trecho abaixo, a cantora conta como surgiu a ideia de compor o hit "Jamburana", que estourou pelo país.

Criado em 17/01/2018 - 10:55 Por Davi de Castro/TV Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí