Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especial Tim Maia 70 anos

Sandra de Sá participa da homenagem ao "Síndico"

Segue o Som

No AR em 26/05/2013 - 04:45

Sandra de Sá com os apresentadores Mauricio Pacheco e Mariano MarovattoEsta semana, o Segue o Som relembra um dos ícones da música brasileira: Tim Maia. A atração realiza um show envolvente, espontâneo e cheio de boas energias que homenageia a memória deste mito do cancioneiro nacional.

Para traçar um retrato mais fiel do homem e do artista, o programa convidou alguns amigos e companheiros de trabalho: a "Banda do Síndico" que o acompanhava, Sandra de Sá, Tonho Crocco, Silvério Pessoa, entre outros. O relato mais surpreendente, porém, foi dado por Carmelo Maia, filho do cantor, com sua visão muito particular desta figura pública tão intensa.

Dono de uma voz potente, de um ritmo único, de versos inspirados e de uma sonoridade ímpar, Tim Maia começou a carreira na Zona Norte do Rio de Janeiro, com um grupo de amigos, entre eles Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

Eram os anos 1960, o mundo estava em ebulição, e Tim resolveu ir de encontro ao olho do furacão. Embarcou sem lenço, documentos ou grana para os Estados Unidos, onde teve seus primeiros contatos com o soul. Mas lá, Tim arranjou tanta confusão, que logo foi preso e deportado.

Este agitado começo seria a marca registrada de um artista que em 28 anos de carreira, gravou 31 discos. Um feito extraordinário. Mas como mostra este especial Segue o Som, em Tim tudo era superlativo. Do artista doidão, drogado, temperamental, que faltava a compromissos e abandonava o palco no meio de uma apresentação, ao mestre da black music, àquele que “latinizou” o soul, e misturou o funk com sanfona e triangulo.

O Segue o Som relembra suas belas canções, entre elas: "Primavera", "Vale Tudo", "Festa de Santo Reis", "Imunização Racional" (que beleza), "A Lua e Eu". Músicas que marcaram as últimas gerações e que têm conquistado fãs por todo o país. Mostra, também, o lado empreendedor do cantor, o primeiro músico que se tornou independente das grandes gravadoras, lançando seu próprio selo.




Criado em 14/05/2013 - 15:51 e atualizado em 24/05/2013 - 15:29

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí