Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

José Augusto

Cantor é atração no especial sobre música brega, que também homenageia

Segue o Som

No AR em 02/06/2012 - 20:30

Recheado de boleros, polcas e músicas românticas que marcaram o imaginário de gerações, Segue o Som recebe o cantor e compositor José Augusto. O artista, que compôs os sucessos Eu Quero apenas Carinho e De que Vale ter tudo na Vida, relembra alguns dos seus projetos mais significativos e comenta parcerias com o escritor Paulo Coelho e com o produtor, compositor e diretor artístisco, Carlos Colla.

O programa também destaca também a música romântica de Anísio Silva. Cantor e compositor de sucesso nos anos 60 , o baiano de Catulé foi o primeiro cantor brasileiro a ganhar o disco de ouro com o álbum Alguém me Disse. Para relembrar os boleros do artista, que também se aventurou no ofício de ator, o Segue o Som exibe um pequeno trecho do filme Titio não é Sopa, de Eurides Ramos e Hélio Barroso. No longa de 1959, Anísio aparece em Quero Beijar-te as mãos.

Compositor de clássicos do gênero brega, Waldick Soriano é outro destaque desta edição. Ao longo de mais de 40 anos de carreira, o artista que foi peão, motorista de caminhão e garimpeiro teve a vida retratada no documentário Waldick, sempre no meu Coração, cuja direção é assinada pela atriz, Patrícia Pillar. Para relembrar o carisma desse artista, além de exibir trechos do documentário, o programa coloca no ar um dos seus maiores sucessos: Tortura de Amor.




Apresentação: Maurício Pacheco e Mariano Marovatto

Criado em 30/04/2012 - 16:16 e atualizado em 21/05/2012 - 11:12

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí