Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

O som do percussionista Naná Vasconcelos

Músico pernambucano recorda as suas origens e conta histórias das

Segue o Som

No AR em 06/07/2013 - 20:30

Instrumentista Naná Vasconcelos fala sobre sua produção musical pelo mundo aforaNão há na música brasileira trajetória igual. Naná Vasconcelos é dos poucos artistas brasileiros que nos palcos do mundo quando não brilha num papel de relevo  é porque está desempenhando o papel principal.

Eleito sete vezes o melhor instrumentista do mundo pela conceituada revista Dowbeat, este músico pernambucano não se deixou seduzir pelos símbolos fáceis do sucesso e continua pesquisando novos caminhos para expressar sua brilhante mistura de  sonoridades que inclui  influências que vão de Jimi Hendrix a Villa-Lobos.

Quando partiu para os mais famosos palcos da Europa e dos Estados Unidos, Naná já havia redesenhado com cores vibrantes o papel do berimbau na música popular brasileira.

Companheiro de palco de Pat Matheney, B.B.King, Don Cherry, Colin Walcott, Jean-Luc Ponty e Talking Heads, além de participar das trilhas sonoras de diversos filmes, a história de vida e de sons de Naná Vasconcelos continuou um pouco pelos quatro continentes.

Sua discografia é tão extensa quanto os projetos ligados à música nos quais ele está envolvido. Mas não vamos continuar aqui falando. Melhor mesmo é assistir o programa e ouvir a música, os sentimentos, as buscas e as meditações deste grande músico.

Até porque os apresentadores do programa, Maurício Pacheco e Mariano Marovatto, fizeram uma bem-cuidada e deliciosa entrevista com Naná Vasconcelos, recheada de clipes-tipo-momentos-raros. Assim, só nos resta dizer que abram alas: Naná Vasconcelos será o homenageado do Carnaval 2013 do Recife.




Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 02/01/2013 - 18:05 e atualizado em 24/06/2013 - 14:20

Ultimas

O que vem por aí