DICAS | Receitas

  • Dicas

    ​Organizações de apoio aos portadores de Epidermólise Bolhosa Congênita

    APPEB - Associação de Parentes, Amigos e Portadores de Epidermólise Bolhosa Congênita http://www.appeb.org.br/appeb.php 

     

    AMPAPEB (Brasil) - http://www.ampapeb.com

     

    Debra International - http://www.debra-international.org/homepage.html

     

     

     

     

  • Dicas

    Dicas para reciclar o óleo gerando produtos de limpeza

    SABÃO EM BARRA: COM 5 LITROS DE ÓLEO DE COZINHA USADO (PENEIRADO), 2 LITROS DE ÁGUA QUENTE, 200 ML DE AMACIANTE, 1 QUILO DE SODA CÁUSTICA EM ESCAMA; LUVAS DE BORRACHA (PARA PROTEGER A PELE DA SODA CÁUSTICA. PREPARO: COLOCAR A SODA EM ESCAMAS NO FUNDO DE UM BALDE E ACRESCENTAR A ÁGUA QUENTE. MEXER ATÉ QUE TODAS AS ESCAMAS DA SODA ESTEJAM DILUÍDAS. ADICIONAR O AMACIANTE E O ÓLEO À MISTURA ATÉ QUE FIQUE HOMOGÊNEA. JOGAR A SOLUÇÃO EM UMA FORMA E ESPERAR SECAR.

     

    DESENGORDURANTE DE PANELAS: 1 COPO DE ÓLEO DE COZINHA E SAL GROSSO. PREPARO: MISTURAR O SAL AO ÓLEO ATÉ FORMAR UMA PASTA. APLICAR A MISTURA SOB A SUPERFÍCIE DE PANELAS E MATERIAIS DE FERRO FUNDIDO. LAVAR COM ÁGUA QUENTE.

     

    POLIDOR DE MÓVEIS: DOIS COPOS DE ÓLEO DE COZINHA E SUMO DE 1 LIMÃO. PREPARO: MISTURAR O ÓLEO AO LIMÃO E, COM UM PANO MACIO, ESPALHAR A SOLUÇÃO EM UMA SUPERFÍCIE DE MADEIRA. A MISTURA TAMBÉM DISFARÇA RISCOS EM MÓVEIS DE MADEIRA CLARA.

     

    LIMPADOR DE ALUMÍNIO: 1 COPO DE ÓLEO DE COZINHA E 1 COPO DE ÁLCOOL. PREPARO: JUNTAR O ÁLCOOL AO ÓLEO DE COZINHA. COLOCAR UM POUCO DA SOLUÇÃO NUM PANO OU FLANELA E PASSAR SOB A PEÇA.

    Dicas do consultor ambiental Alessandro Azzoni

  • Dicas

    Termo aditivo de contrato de trabalho de empregados domésticos - Dica da Advogada Cláudia Mothé

     

     

    TERMO ADITIVO A CONTRATO DE TRABALHO DE EMPREGADO DOMÉSTICO

     

    E

     

    E ACORDO DE PRORROGAÇÃO E COMPENSAÇÃO DE HORAS DE TRABALHO

     

    (EMPREGADO) e (EMPREGADOR), tendo em vista o contrato de trabalho doméstico firmado em_____, por meio do qual o empregado exerce as funções de___, no âmbito residencial do empregador, com endereço à________, vêm pelo presente TERMO ADITIVO ajustar as seguintes condições contratuais, por mútuo consentimento, espontânea vontade e sem quaisquer prejuízos para ambas as partes, com apoio no artigo 468 da Constituição das Leis do Trabalho – CLT, haja vista as alterações legais introduzidas pela Emenda Constitucional nº 72 de 02 de abril de 2013:

     

    • Duração do trabalho normal não superior a oito horas diárias e quarenta e quatro semanais, admitida a compensação da jornada, com fundamento no artigo 59 da CLT, distribuídas da seguinte maneira:

       

    Horário de trabalho de segunda até quinta-feira:

     

    Horário de trabalho às sextas-feiras:

     

    Descanso semanal: sábado e domingos.

     

    Em face do exposto, e estando dessa forma de comum acordo e comunhão de interesses devidamente ajustadas firmam as partes o presente TERMO para que produza todos os efeitos legais.

     

     

     

    Rio de Janeiro, ____ de ____ de 2013

     

    EMPREGADO

     

     

    EMPREGADOR

  • Dicas

    Declaração do imposto de Renda 2013

     

    1. Segundo a legislação do imposto de renda da pessoa física 2013, quem está obrigado a declarar?

    Estão obrigados a apresentar a declaração: Quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$24.665,56; Quem, em 31.12.2012, possuía bens e direitos superiores acima de R$300.000,00; Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis exclusivamente na fonte acima de R$40.000,00; Quem obteve ganho de capital na venda de bens ou direitos ou realizou operações na bolsa ou assemelhados; Quem optou pela isenção do imposto de renda na venda de imóveis residenciais para fins de compra de outro imóvel residencial no prazo máximo de 180 dias e em relação á atividade rural, quem obteve receita bruta acima de R$122.783,25.

     

    2.  Contribuinte que, em 2012, obteve rendimentos inferiores a R$24.665,56 pode declarar?

    Sim. Nos casos em que, mesmo estando desobrigados de apresentar a declaração, mas que sofreu retenção na fonte, em qualquer mês, pode declarar para fins de restituição do imposto retido.

    3. Quais as providências para quem entregar a declaração em atraso?

    Nesses casos, o contribuinte deve, logo no primeiro dia útil após o término do prazo, baixar a nova versão do programa e realizar a transmissão. Em seguida, imprimir a guia de arrecadação para pagamento do imposto devido, se for o caso e a multa que pode ser de: R$165,74, inexistindo imposto a pagar e no mínimo de 1% e no máximo de 20% do imposto devido.

    4. Qual o valor da parcela isenta para maiores de 65 anos?

    O valor da parcela isenta é R$1.637,11, a partir do mês em que o contribuinte completar 65 anos.

    5. Um contribuinte pretende declarar a mãe como dependente, sendo que a mesma possui rendimento tributável superior a R$20.000,00. O procedimento está correto?

    Não. Não é possível inseri-la como dependente. O limite permitido para a inclusão é R$19.645,32. Caso a mesma tenha sofrido retenção na fonte, deve declarar em separado.

    6.Um contribuinte que vendeu seu único imóvel por R$300.000,00, em outubro de 2012, e não pagou imposto de renda. O procedimento está correto?

    Sim. A venda de um único imóvel por valor igual ou inferior a R$440.000,00 está isento do imposto, desde que não tenha realizado outra venda nos últimos cinco anos.

    7. Valores pagos a título de aluguel podem ser deduzidos no imposto de renda?

    Não. Embora os valores pagos a título de aluguel sejam informados na Ficha Pagamentos e Doações, os mesmos não são considerados para fins de dedução.

    8. Contribuinte que fez benfeitoria em seu imóvel deve declarar? Que vantagem ele teria?

    Sim. O valor das benfeitorias atualiza o custo de aquisição do imóvel. No caso de vendas com incidência do imposto, o cálculo é feito com base na diferença entre o custo de aquisição atualizado e o valor da venda (ganho de capital).

    9. Contribuinte com uma filha de 22 anos, universitária e que possui rendimentos poderá ser inserida como dependente?

    Sim. Segundo a legislação do imposto de renda, os filhos e enteados podem ser inseridos como dependentes até os 21 anos de idade ou em qualquer idade, caso esteja incapacitado física ou mentalmente para o trabalho e até os 24 anos, caso esteja cursando ensino superior ou ensino médio. A legislação não desqualifica o dependente se este possuir rendimentos, sendo obrigatória sua informação na declaração do titular.

    10. Contribuinte que adquiriu uma motocicleta no valor de R$10.000,00 deve declarar?

    Sim. Os veículos automotores devem ser declarados.

    11. Contribuinte aposentado está dispensado de apresentar a declaração?

    Não, pois a legislação tributária não define limite de idade para apresentar a declaração.

    12. Contribuinte com dependente com 17 anos em 31 de dezembro de 2012 poderá ser informado na declaração do titular sem o CPF?

    Sim. A obrigatoriedade se dá caso, em 31.12.2012, o dependente possuir 18 anos completos.

    13. Um contribuinte foi diagnosticado, no ano de 2012, com o Mal de Azheimer. Nesse caso, o mesmo está dispensado de apresentar a declaração?

    Não. Embora a legislação do imposto de renda relacione doenças consideradas graves para fins de isenção, os contribuintes que se enquadrem nessa condição, não estão desobrigados de apresentar a declaração.

    14. Qual o modelo mais vantajoso, simplificado ou completo?

    A escolha do modelo deve respeitar as particularidades de cada declaração, cabendo ressaltar que no modelo simplificado serão desconsideradas as despesas dedutíveis permitidas pela legislação e o imposto de renda será calculado com base em 80% dos rendimentos tributáveis. Nessa modalidade, o sistema da Receita Federal concede um desconto de 20% sobre o total daqueles rendimentos, limitado a R$14.542,60.

    É recomendável que o contribuinte faça a simulação entre os dois modelos, lembrando que, após a transmissão, não será permitida troca de modelo após 30 de abril de 2013.

    15. Um contribuinte relata que já transmitiu sua declaração e, em razão de cancelamento da conta corrente por parte da empresa do qual acaba de ser desligado, precisa alterar os dados bancários. É possível fazer a alteração?

    Sim. Nesse caso, o contribuinte deverá proceder á retificação da declaração o mais rápido possível.

    Cabe ressaltar que a alteração deverá ser realizada antes do processamento da declaração e antes da inclusão dos valores em um dos lotes de restituição.

    16. Contribuinte cujo cônjuge recebeu rendimentos isentos deve informar esses valores na declaração conjunta?

    Sim. Os dependentes assim definidos pela legislação do IR não perdem essa condição por possuírem rendimentos, estando obrigados a informá-los na declaração do titular.

    17. Qual o procedimento a ser adotado em caso de contribuinte que se encontra em viagem durante o período de entrega da declaração?

    Não existe prazo diferenciado para os contribuintes em viagem entre 1o de março e 30 de abril de 2013.

    É recomendável que o mesmo providencie a transmissão do lugar onde se encontra ou, em outra situação, entregue os comprovantes de rendimentos e pagamentos a profissional qualificado que providenciará a transmissão.

    18. Um contribuinte, servidor público, quer saber se o auxílio para custear transporte é tributado pelo imposto de renda.

    Não. As indenizações pagas a servidor público a titulo de transporte são isentos do imposto.

    19. Sogra pode ser dependente do IR?

    Não. Segundo a legislação do IR, apenas os pais, avós e bisavós podem ser inseridos na declaração do titular, desde que os rendimentos não ultrapassem R$19.645,32. No caso em questão, só será possível se o filho ou filha (genro ou nora) estiver declarando em conjunto com o cônjuge.

    20. É possível o contribuinte incluir um dos sobrinhos como dependente?

    Sim. Desde que o dependente seja menor pobre de 21 anos, criado e educado pelo contribuinte e que este detenha a sua guarda judicial.

    21. Qual é o procedimento adotado por contribuinte que paga pensão alimentícia ao filho?

    Nesse caso, os valores pagos devem ser informados na ficha Pagamentos e Doações, informando o CPF do beneficiário e o valor pago.

     

    Os valores pagos a título de pensão só poderão ser informados na declaração, em caso de decisão judicial. Em caso de pagamento espontâneo, o valor deverá ser informado como doação.

     

    Caso o valor esteja fora da faixa de isenção, o imposto deve ser recolhido através do carnê-leão.

     

    Se os beneficiários possuírem CPF e estiverem dentro da obrigatoriedade, devem fazer declaração em separado e devem declarar a pensão como rendimentos recebidos de pessoa física.

     

    Os beneficiários de pensão só podem ser dependentes de declarante que detiver a guarda judicial.

     

    22. Ainda sobre pensão alimentícia, as pensões recebidas pelos menores de 18 anos podem ser informadas com o CPF dos dependentes?

    Sim. Desde que o responsável pelo pagamento proceda da mesma forma.

     

    23. Quem pode ser declarado como dependente do IR?

    Podem ser dependentes:

     Filhos ou enteados até os 21 anos de idade; até 24 anos, se cursando ensino médio ou superior ou em qualquer idade se incapacitados física ou mentalmente.

    Irmão, neto e bisneto até 21 anos, sem arrimo dos pais ou em qualquer idade, se este for incapacitado física ou mentalmente, desde que o declarante detenha a guarda judicial.

          Irmão, neto ou bisneto, entre 21 e 24 anos de idade, se cursando ensino médio ou superior, desde que o declarante tenha detido a guarda judicial até os 21 anos.

          Pais, avós e bisavós, desde que tenha recebido rendimentos tributáveis ou não inferiores a R$19.645,32.

          Menor pobre até 21 anos que o declarante crie e eduque, desde que detenha guarda judicial.

          Pessoa incapaz de quem o contribuinte seja curador ou tutor.

          Cônjuge ou companheiro com quem o declarante conviva a mais de 5 anos ou que tenha filho.

     

            24. Há limite para a dedução de despesas médicas?

    Não. Entretanto, os comprovantes devem conter o nome, endereço e número do CPF ou CNPJ do profissional que recebeu os valores e que deverão ser informados na Ficha Pagamentos e Doações.

    Cabe ressaltar que, caso solicitado pela Receita Federal, o contribuinte deverá apresentar os documentos originais, sendo vedada a dedução de despesas com tratamento estético.

    25. Honorários advocatícios podem ser subtraídos dos rendimentos recebidos acumuladamente por decisão judicial?

    Sim. Desde que não ressarcidos ou indenizados.

    O pagamento deverá ser informado no campo Pagamentos e Doações, informando o nome e o CPF do beneficiário.

    26. Contribuinte que possuir mais de um empregado doméstico poderá deduzir os valores pagos pelo empregador a Previdência Social?

    Não. A dedução é limitada a um único empregado e o valor é calculado com base em 12% recolhido sobre salários, férias e décimo terceiro, limitado a um salário-mínimo.

    27. Valores de IPTU podem ser subtraídos do valor dos rendimentos de aluguéis?

    Sim. Desde que o encargo tenha sido do locador.

    28. O que é considerada despesa com instrução?

    Ensino infantil (creche); ensino fundamental, ensino médio e ensino superior, inclusive os cursos de pós-graduação. Despesas com cursos de idiomas e pré-vestibulares, por exemplo, não são dedutíveis para fins de dedução. O limite máximo, por dependente, é R$3.091,35.

    29. Qual o valor dedutível por dependente?

    O valor dedutível por dependente é R$1.974,72.

            30.  Quais os casos mais comuns de malha fiscal?

    Geralmente, os contribuintes deixam de informar um rendimento quando possui mais de uma fonte pagadora; os rendimentos de dependentes também costumam ser omitidos. Despesas médicas costumam entrar em malha fiscal sempre que o contribuinte declare valores de prestação de serviços não realizados.

    Outro exemplo, diz respeito a erros no valor dos rendimentos ou do imposto retido constantes dos informes e não informados pelas fontes pagadoras.

     

    Informações fornecidas pela tributarista Sueli Angarita

  • Dicas

    Mantras Gilson Chveid Oen

     

    Mantras para 2013:

    • “O ano das maravilhas 2013” 
    • azulovisita 2013”
    • "Show de bola gente boa. Faz carinho e abençoa. Quero tudo bem perfeito. Coisas lindas do meu jeito."
    • "Princesa dona dos sete mares. Vento forte que acalma meus dias. Traga tudo de um simples nada. Seja o palácio das minhas alegrias".
    • "Hoje você apareceu e me iluminou para sempre".
    • "Cheguei na paradinha"

    A cor principal de 2013 será azul turquesa mesclada com rosa pink.

     

  • Dicas

    Receita chinesa contra queda de cabelo

    Ingredientes:

    1 maçã

    1 cenoura

    1 rabanete (caso o cabelo seja oleoso, trocar por 1 gengibre)

    1 litro de água

    Modo de preparo: Num recipiente, corte os ingredientes em cubos e acrescente a água fervente. Reserve e espere esfriar. Tome todo o conteúdo da infusão no mesmo dia.

  • Dicas

    Combinações entre os signos

     

    Os signos que mais combinam para relacionamentos duráveis são os do elemento terra (touro-virgem-capricórnio) e a combinação com elementos terra e água. Dentre estes, os mais presentes são capricórnio-capricórnio e capricórnio-câncer. Estes signos são de natureza conservadora e primam a tradição valorizando a instituição do casamento. Os signos que menos combinam são os do elemento água (câncer – peixes – escorpião).

     

    As características dos signos no relacionamento:

    Áries – entusiasmado e independente, não gosta de parceiro dependente, aprecia a conquista.

    Touro – apegado, possessivo e ciumento, protetor, necessita de segurança material, conforto e estabilidade.

    Gêmeos – curioso, instável, necessita de novidades e troca intelectual.

    Câncer – exige envolvimento emocional, é sentimental, é dependente e gosta de se sentir protegido, tem instabilidade de humor.

    Leão – gosta de aprovação e de atenção exclusiva, é protetor, generoso.

    Virgem – é prestativo e disposto a ceder, muitas vezes subestima sua importância, analítico, exigente e detalhista.

    Libra - quer cooperar e agradar o outro, não gosta de ficar só, é diplomático, cortês e sedutor.

    Escorpião – reservado e intenso, não expressa seus sentimentos e gosta de ser independente.

    Sagitário – entusiasta e amante da liberdade, aprecia um companheirismo independente. é otimista e conquistador.

    Capricórnio – cauteloso e contido, tem paciência para lutar pela estabilidade e durabilidade de suas conquistas.

    Aquário – quer experimentar tudo que despertar curiosidade, é original e irreverente, é humanitário mas não sabe viver a intimidade.

    Peixes – romântico, idealista e impressionável, magoa-se com facilidade e torna-se dependente com facilidade.

     

     

    Combinações de signos para parcerias amorosas, de acordo com a astróloga Cristine Essinger.

  • Dicas

    Receita da Compota do Prazer

    Ingredientes:

    300 gramas de ameixas pretas e sem caroço

    100 gramas de maçã desidratada

    100 gramas de pêra desidratada

    100 gramas de passas brancas

    100 gramas de cerejas ao marrasquino, inteiras com toda a calda

    100 gramas de nozes picadas

    100 gramas de castanhas do Pará picadas

    100 gramas de amêndoas sem pele picadas

    um pouquinho de canela em pau

    um pouquinho de cravo

    1 rodela de limão

    1 cálice de vinho tinto

    Modo de Fazer:

    Faça uma calda colocando numa panela 2 xícaras de chá de açúcar para caramelar, ou seja, cozinhando o açúcar até ele ficar da cor de um caramelo, e acrescente, então, 1 litro e meio de água fervendo.

    Misture bem o açúcar caramelado com a água fervendo e coloque primeiro a maçã e a pêra desidratadas.

    Depois que estiverem quase cozidas, coloque o restante dos ingredientes começando pela ameixa.

    No final coloque o vinho.

    Deixe a Compota apurar por mais ou menos 40 minutos.

    Algumas Observações:

    Se você resolver aumentar a quantidade dos ingredientes aumente, também, proporcionalmente a quantidade de calda.

    Se depois da Compota ficar pronta você achar que ela ficou com pouca calda, faça em uma outra panela mais uma medida de calda e quando ela estiver bem dissolvida a acrescente a Compota já pronta.

    E assim estará pronta a sua Compota do Prazer, que posta na geladeira poderá durar de 1 a 2 meses.

    Dica do numerólogo Gilson Chveid Oen

  • Dicas

    Vestuário para meninos - Dezembro

    Região com temperatura média máxima entre 30 e 35 C no verão e entre 10 e 20 C no inverno
    Vestuário: RN (até 3,5 kg) P (até 3 meses) M (3 a 6 meses) 06 body manga longa 06 body manga longa 06 body manga longa 06 body manga curta 06 body manga curta 06 body manga curta 03 conj. Pagão 06 conj. Banho de sol 06 mijões sem pé 03 conj. Banho de sol 03 short/tapa fralda 04 short/tapa fralda 03 mijões com pé 06 mijões sem pé 04 conj. Banho se sol 03 mijões sem pé 03 macacões compridos 04 macacões compridos 02 macacões compridos 06 macacões curtos 04 macacões curtos 02 macacões curtos 01 casaco 02 casacos 06 pares de meia 04 pares de meia 01 touca 01 sapato lã 01 tênis (n 2 ou 14) 06 pares de meia 02 sandálias ou sapatos (n 1 ou 13) 02 sandálias ou sapatos ( n 2 ou 14) 01 tênis (n 3 ou 15) 02 sandálias ou sapatos (n 3 ou 15) Cama e banho: Utensílios diversos: 02 cueiros 01 sling ou canguru 04 conj. lençol para berço Kit de escova de cabelo e pente 01 manta de lã Kit manicure para bebê 01 manta de soft 01 aspirador nasal 02 mantas de malha 01 nebulizador/inalador 01 kit berço com edredon e mosquiteiro 01 babá eletrônica 01 protetor de colchão 01 banheira com suporte 04 toalhas de banho com capuz 01 banheira para viagem 08 toalhas fralda 01 saboneteira 06 babadores de tecido kit escova de dente 02 babadores de plástico 01 berço para viagem 20 paninhos de boca 01 bolsa pequena com trocador 02 capas para carrinho 01 bolsa grande com trocador 01 mosquiteiro para carrinho Kit higiene 02 capas para bebê conforto Cesto para roupa suja 01 almofada de amamentação Lixeira 01 conj. panelas esmaltadas 01 porta remédios Carrinho quatro posições Bebê conforto Cabides Termômetro digital Travesseiro
  • Dicas

    Vestuário para meninas - Agosto

    Região com temperatura média máxima entre 30 e 35 C no verão e entre 10 e 20 C no inverno
    Vestuário: RN (até 3,5 kg) P (até 3 meses) M (3 a 6 meses) 06 body manga longa 06 body manga longa 03 body manga longa 03 body manga curta 06 body manga curta 06 body manga curta 03 conj. pagão 06 mijões sem pé 06 conj. banho de sol 02 conj. compridos 04 short/tapa fralda 04 camisas pagão cambraia 03 mijões com pé 04 vestidos 03 camisetas 03 mijões sem pé 04 calcinhas 04 mijões sem pé 04 macacões malha compridos 04 macacões curtos 06 short/tapa fralda 02 macacões malha curtos 04 macacões compridos 06 macacões curtos 04 macacões plush compridos 04 conj. banho de sol 03 macacões compridos 02 conj. lã 02 casacos 01 casaco 06 pares de meia 04 pares de meia 06 calcinhas 02 sapatos lã 02 sandálias ou sapatos (n 2 ou 14) 02 vestidos 02 sapatos malha tipo meia 02 sapatos malha tipo meia 04 pares de meia 02 sandálias ou sapatos (n 1 ou 13) 03 sandálias ou sapatos (n 3 ou 15) 04 pares de luva 01 touca de lã Cama e banho: Utensílios diversos: 02 cueiros 01 sling ou canguru 04 conj. lençol para berço Kit de escova de cabelo e pente 01 manta de lã Kit manicure para bebê 01 manta de soft 01 aspirador nasal 02 mantas de malha 01 nebulizador/inalador 01 kit berço com edredon e mosquiteiro 01 babá eletrônica 01 protetor de colchão 01 banheira com suporte 04 toalhas de banho com capuz 01 banheira para viagem 08 toalhas fralda 01 saboneteira 06 babadores de tecido kit escova de dente 02 babadores de plástico 01 berço para viagem 20 paninhos de boca 01 bolsa pequena com trocador 02 capas para carrinho 01 bolsa grande com trocador 01 mosquiteiro para carrinho Kit higiene 02 capas para bebê conforto Cesto para roupa suja 01 almofada de amamentação Lixeira 01 conj. panelas esmaltadas 01 porta remédios Carrinho quatro posições Bebê conforto Cabides Termômetro digital Travesseiro