Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Som na Rural com Zé Neguinho do Coco e Galo Preto

Dois patrimônios vivos da cultura pernambucana

Som na Rural

No AR em 11/01/2017 - 07:30

Galo Preto, mestre do coco, do repente e da emboladaNeste Som na Rural, o apresentador Roger de Renor conduz  a rural Willys sonora em direção à Pracinha do Diário, localizada no centro do Recife, para mostrar dois patrimônios vivos da cultura pernambucana, da cultura brasileira: Zé Neguinho do Coco e Mestre Galo Preto.

O compositor e cantor Zé Neguinho do Coco é dono de uma voz aveludada e de uma performance extremamente delicada e elegante. Seu coco tem vínculos mais estreitos com o candomblé e isso faz com que sua música se diferencie da obra de coquistas tradicionais. Espécie de seresteiro do coco moderno, Zé Neguinho do Coco, ao compor a música Pau de Quiri, ainda criou algo novo: o coco-canção.  A composição, gravada nos anos 1990 pela banda Cascabulho em seu álbum de estreia, divulgou a obra de Zé Neguinho, que passou a ser requisitado com frequência para shows e festivais e se tornou referência para jovens músicos da cena recifense.

O outro convidado do Som na Rural é o instrumentista, cantor e compositor Galo Preto. Mestre do coco, do repente e da embolada, Galo Preto é um verdadeiro jazz man, um rei do improviso. Nascido em 1935, no hoje reconhecido quilombo de Santa Izabel, localizado no município de Bom Conselho de Papa Caças, no agreste de Pernambuco, Galo Preto ganhou o título de “Griô” do Ministério da Cultura por conta do conhecimento e domínio que tem da sua arte.

Ao completar 75 anos de idade, esse mestre da cultura popular reuniu jovens músicos pernambucanos e formou o grupo Mestre Galo Preto e o Tronco da Jurema. Desde então, Galo Preto retomou sua carreira e vem realizando shows, ministrando oficinas e participando de importantes festivais, circuitos e feiras de música em várias cidades brasileiras. Além de suas próprias composições, Mestre Galo Preto é conhecedor das linhas de coco sertaneja, brejeira, praieira e também da linha alagoana. Em seu repertório estão cocos que só ele tem na memória.

Música-dança que encanta artistas há gerações e gerações, Som na Rural ainda traz uma matéria sobre esta tradicional manifestação nordestina: o coco. Seu mais célebre interprete foi, sem dúvida, o paraibano Jackson do Pandeiro. Mas, outros grandes nomes da MPB já gravaram esse gênero musical, como Genival Lacerda, Gal Costa, Gilberto Gil, Alceu Valença e Bezerra da Silva, que dedicou seu primeiro disco inteirinho ao ritmo.  Bandas como Chico Science & Nação Zumbi e Cascabulho, entre tantas outras, também se renderam aos encantos coco.
 




CENTRO DE CULTURA LUIZ FREIRE / TV VIVA - PRODUTOR EDUARDO HOMEM E NILTON PEREIRA - DIRETOR

Criado em 17/12/2013 - 16:45 e atualizado em 09/01/2017 - 10:47

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí