Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Som na Rural com Silvério Pessoa

Artista dá tratamento contemporâneo a referências do cancioneiro

Som na Rural

No AR em 03/02/2017 - 07:30

O pernambucano Silvério Pessoa solta a voz no Som na RuralNeste episódio, o Som na Rural monta o palco na Ponte da Boa Vista (a ponte de ferro), em Recifie (PE), para receber Silvério Pessoa e banda.

O grande diferencial da obra de Silvério reside no tratamento contemporâneo dado às músicas, que têm como principal referência o cancioneiro popular da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão de Pernambuco, mas que também possuem influências de gêneros, como o rock, o hip-hop e intervenções eletrônicas, que imprimem ao seu trabalho uma sonoridade bem moderna.

Silvério Pessoa despontou na cena musical pernambucana em 1994, como vocalista da banda Cascabulho. Após realizar turnês no Brasil e no exterior com o grupo e conquistar vários prêmios nacionais com o CD Fome Dá Dor de Cabeça, de 1998, o artista decidiu dar início a sua carreira solo.

Em 2001, ele lança Bate o Mancá, álbum no qual interpreta apenas canções da obra de Jacinto Silva.  Em 2002, é a vez de Micróbio do Frevo, CD que reúne canções carnavalescas gravadas ou criadas por Jackson do Pandeiro nas décadas de 50 e 60. Três anos depois, é lançado Cabeça Elétrica, Coração Acústico, trabalho composto por treze faixas de sua autoria.

Recentemente, Silvério Pessoa lançou dois álbuns. No Grau, com quatorze canções autorais que passeiam pelos ritmos que formam o coletivo forró, e Collectiu, fruto de um intercâmbio do compositor com bandas do sul da França.

Para o Som na Rural, Silvério escolheu um repertório composto basicamente por canções de seus CD´S autorais. De Cabeça Elétrica, Coração Acústico, ele interpreta Nas Terras da Gente, Poesia Urbana, Boleya na Toyota e Cipó de Goiabeira. De No Grau foram gravadas as faixas Pernambucana, Baião Desordeiro e Romance dos Robôs.  A exceção fica para Micróbio do Frevo, música de Genival Macedo gravada por Jackson do Pandeiro em 1955 e regravada por Silvério em 2002.

Som na Rural ainda traz duas matérias especialíssimas. A primeira delas é sobre o compositor e cantor alagoano Jacinto Silva. Mestre do coco de roda, Jacinto com sua peculiar forma de cantar e compor, acabou criando uma nova variação do ritmo: o coco sincopado. A outra matéria é sobre a dupla Jackson do Pandeiro e Almira Castilho, uma das principais influências da obra de Silvério Pessoa.
 

 




CENTRO DE CULTURA LUIZ FREIRE / TV VIVA - PRODUTOR EDUARDO HOMEM E NILTON PEREIRA - DIRETOR

Ultimas

O que vem por aí