Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Jonas y la ballena rosada

Trama narra as relações de uma conturbada família boliviana

Soy Loco por ti Cinema

No AR em 25/02/2016 - 03:32

Julia se envolve com o cunhado

Jonas é o protagonista da trama boliviana1984. Santa Cruz de la Sierra, maior e mais populosa cidade da Bolívia. O filme se passa em um contexto de hiperinflação, tráfico de drogas e caos.

Casado com Talia, filha de uma família rica no país, o protagonista Jonas vive um dilema. Os parentes querem forçá-lo a deixar seu posto de maestro na escola para exercer a sua profissão de advogado.

Ao mesmo tempo, Jonas se vê envolvido em um perigoso jogo de sedução com a cunhada adolescente, Julia, que entra em sua vida com o pretexto de aprender fotografia. Os dois começam um tórrido romance em segredo, no úmido e escuro porão onde fica o estúdio fotográfico em que vivem suas aventuras.

Quando a sogra de Jonas descobre o relacionamento e aciona marginais, o rapaz tenta tirar Julia desse ambiente medíocre e da influência dos traficantes de drogas envolvidos com a família.

Primeiro longa do diretor Juan Carlos Valdivia, o drama boliviano Jonas y la ballena rosada é baseado no romance hômonimo de Wolfango Montes. Coproduzido com o México, o filme teve o maior orçamento no cinema boliviano até então. A história apresentada nas telas reflete a dura realidade do país, que via crescer o poder dos traficantes de drogas naquela década.

O drama foi reconhecido como o Melhor Filme no Festival de Cartagena (Colômbia). Também conquistou o prêmio de Melhor Fotografia no Festival do Novo Cinema Latino-Americano de Havana e recebeu premiação na categoria Melhor Roteiro oferecida pela Fundação do Novo Cinema Latino-Americano. Já no Festival de Gramado, foi indicado ao prêmio de Melhor Filme Latino. Inédito.

92 min.

 




Título original: Jonas y la ballena rosada.
País de origem: Bolívia.
Ano de estreia: 1995.
Gênero: drama.
Direção: Juan Carlos Valdivia.
Elenco: Dino García, María Renée Prudencio, Julieta Egurrola, Guillermo Gil, Claudia Lobo, Elías Serrano, Etelvina Peña, Juan Claudio Lechín.
Classificação indicativa: 18 anos

 

Criado em 22/01/2016 - 12:27 e atualizado em 15/02/2016 - 21:42

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí