Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Como fazer um textão relevante

Chico Otávio acha que as redes sociais precisam de mais fatos e menos

Repórter investigativo e professor de jornalismo, o escritor Chico Otávio reflete sobre a importância do texto factual, apegado aos dados e acontecimentos, numa época em que as redes sociais favorecem o opinionismo. 

Ele exemplifica a questão com base em um conselho que deu para alunos da faculdade de jornalismo que reclamavam do famoso textão de Facebook, caracterizado pela forte carga de opinativa. "Todo mundo quer ter opinião sobre tudo. Mas o mais bacana é você tirar o adjetivo de cena e colocar o substantvo. Isso que é difícil porque te leva a apuração dos fatos. Mas também é o que faz o 'textão' ficar bacana."

 Chico Otávio, ganhador de vários Prêmios de Jornalismo, é o principal convidado do Trilha de Letras dessa semana. 

O programa irá discutir o jornalismo literário, romance reportagem ou novo jornalismo. O estilo expande o trabalho do repórter para os livros, em reportagens longas e de alto rigor investigativo, mas com um cuidado com o texto similar ao da literatura ficcional. 

O programa vai ao ar no dia 5 de outubro às 21h30 e também conta com depoimentos dos jornalistas escritores Fernando Molica, Elvira Lobato e apresenta o trabalho de André Balbo, editor da revista Lavoura, que publica novos autores e discute a cena literária contemporânea.

Você pode conferir o programa na íntegra nesta página.

Ultimas

O que vem por aí