Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

O sangue que corre na Faixa de Gaza

Arlene Clemesha explica origem do conflito entre árabes e judeus

Um olhar sobre o Mundo

No AR em 14/05/2018 - 21:45

A mudança da embaixada dos EUA em Israel provocou neste maio de 2018 um dos dias mais sangrentos dos últimos quatro anos na Faixa de Gaza. Impulsionados pela decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de mudar a embaixada estadunidense de Tel-Aviv para Jerusalém, 40 mil palestinos foram às ruas protestar, fomentando com isso a sequência de manifestações conhecida como a Grande Marcha do Retorno, iniciada em março. À ação palestina, munida de pedras e pipas, seguiu-se a reação do exército israelense, armada de balas e drones. Resultado: um rastro macabro de 60 palestinos mortos e quase 3 mil feridos.

A violência aparentemente sem fim na região é tema do programa Um Olhar sobre o Mundo, dessa vez em uma edição especial nascida do calor dos fatos. Na conversa do jornalista Moisés Rabinovici com a professora de História Árabe, Arlene Clemesha, história, cultura e fatos político-sociais ajudam a entender de onde surgiu a disputa territorial aparentemente sem fim entre árabes e judeus. Confira.

Ultimas

O que vem por aí