Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Feminismo Cotidiano

Um olhar sobre o Mundo conversa com a escritora Marli Gonçalves

Um olhar sobre o Mundo

No AR em 28/08/2019 - 00:00

O feminismo é para todos, homens inclusive. “Devemos todos ser feministas”, repete a autora do recém-lançado livro “Feminismo no Cotidiano (Bom para mulheres. E para homens também)”, Marli Gonçalves, jornalista e diretora da Brickmann&Associados Comunicação, em São Paulo. O homem feminista é o que apoia a causa das mulheres por seus direitos reprodutivos e age contra a violência e o feminicídio, causa da morte de uma mulher a cada duas horas. Ao receber o convite da Editora Contexto para escrever sobre feminismo, Marli Gonçalves olhou para seu cotidiano, feminista desde 1975, quando ainda era estudante. “Feminismo é muito simples, é isso aqui que a gente vive todo dia. É fundamental esse movimento das mulheres dando as mãos. Então eu quis trazer o simples para ser compartilhado para as pessoas pararem para ler o que as mulheres têm a dizer”.

Moisés Rabinovici conversa com Marli Gonçalves, autora de "Feminismo Cotidiano"
Moisés Rabinovici conversa com Marli Gonçalves, autora de "Feminismo Cotidiano" - Divulgação/TV Brasil

Na dedicatória de seu livro “Feminismo no Cotidiano (Bom para mulheres. E para homens também)”, Marli Gonçalves escreveu para mim: “As mulheres em todo o mundo passam por momentos delicados e que precisam de humanidade. Feminize-se você também”. Este é o apelo dela na entrevista que deu ao programa Um Olhar Sobre o Mundo, da TV Brasil: “Devemos todos ser feministas”. É um pedido de socorro: no Brasil, uma mulher é morta a cada duas horas – um massacre que não pode continuar.

Os homens devem entrar na luta das feministas para estancar o assassinato de mulheres a cada duas horas no Brasil. Ajudá-las a conquistar seus direitos. A punir o abuso sexual. “Feminismo no Cotidiano (Bom para mulheres. E para homens também)” é o livro que a autora, Marli Gonçalves, debate em Um Olhar sobre o Mundo.

Criado em 26/08/2019 - 13:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí