Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Como a TV aborda questões ambientais

Ver TV recebe especialistas para um debate sobre o modo como o meio

Ver TV

No AR em 11/04/2014 - 23:00

Apresentação: Lalo LealA abordagem de temáticas ambientais na televisão, seja em programas específicos ou no telejornalismo, ganhou consistência apenas a partir da Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Eco 92, realizada no Rio de Janeiro. Até então, “éramos os ecochatos”, lembra-se Maria Zulmira de Souza, diretora da Agência Planetária, que produz o primeiro reality show ambiental da televisão brasileira, o Ecoprático, exibido pela  TV Cultura. 

O Ver TV desta semana discute como a televisão trata questões ambientais. Esta edição conta com o presidente do Instituto Envolverde e editor no Brasil do jornal Terramérica, projeto ligado ao programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Dal Marcondes; e com o professor de Geografia Humana na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal do Tocantins, Ariovaldo Umbelino de Oliveira.

Para Dal Marcondes, “a internet revolucionou o acesso a informações sobre questões ambientais”. Umbelino aponta mudanças positivas resultantes da abordagem da temática ambiental na mídia, como a conscientização em relação à reciclagem. Antes da Eco 92, “os jornalistas de meio ambiente cabiam numa kombi”, brinca Maria Zulmira.

Em relação aos animais silvestres, alguns programas de televisão, especialmente da TV paga, apelam para a bizarrice, critica o ambientalista e documentarista Dener Giovanini, coordenador-geral da Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas). Segundo ele, programas sobre animais silvestres com apresentadores que mostram coragem ao enfrentá-los estão cheio de bizarrices e falsidades. “Na verdade, os animais são de zoológico ou de criadores autorizados pelo Ibama,” desmistifica.

 




Apresentação: Lalo Leal
Produção: Aline Penna, Vitor Chambon e Patrícia Lima
Roteiro: Lumi Kihara
Direção: Pola Galé
 

Ultimas

O que vem por aí