Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Conheça canais dedicados à comunidade surda nas redes

A Língua Brasileira de Sinais é utilizada para falar do cotidiano

Viralizando

No AR em 28/09/2019 - 15:00

O Viralizando desta semana fala sobre a comunidade surda no Brasil. Vamos apresentar canais que dialogam com o público por meio da Libras, sobre o cotidiano e sobre acessibilidade.

O programa conversou com os irmãos Andrei e Tainá Borges, do canal Visurdo. No Youtube, eles tiram dúvidas sobre surdez, trazem dicas para ouvintes e sobre como eles podem se comunicar com surdos, além de tratarem de temas próprios da juventude.

O canal dos irmãos Andrei e Tainá Borges comentam assuntos do dia a dia dos surdos e cobram mais acessibilidade
Os irmãos Andrei e Tainá comentam assuntos do dia a dia e cobram mais acessibilidade , por Divulgação/TV Brasil

Quem também tem um canal do tipo é Flávia Lima e Bruno Straforini, o É Libras. Os dois explicam no Viralizando como é a interatividade por ali. Eles criaram o canal para compartilhar a perspectiva dele, como surdo, e dela, como cadeirante, sobre relacionamentos, relação com família, amigos e ainda sobre os desafios na sociedade.

Flávia e Bruno criaram o canal em 2016 discutindo relacionamentos
Flávia e Bruno criaram o canal em 2016 discutindo relacionamentos - Divulgação/TV Brasil

Para completar, nosso apresentador Alan Ribeiro entrevistou Jhonatas Narciso, tradutor e intérprete, apresentador do Repórter Visual, noticiário dedicado à comunidade surda, da TV Brasil. Eles conversaram sobre o estudo de LIBRAS, regras da gramática e como funciona a construção da língua de sinais.

Jhonatas, que é ouvinte, conta que seu primeiro contato com a Libras foi na escola
Jhonatas, que é ouvinte, conta que seu primeiro contato com a Libras foi na escola regular - Divulgação/TV Brasil

Criado em 18/09/2019 - 07:40

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí