Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Plantei Jiló nasceu amor - com Dona Dalva Damiana

Ela tornou o samba de roda do recôncavo patrimônio da humanidade

Visceral Brasil - As Veias Abertas da Música

No AR em 19/10/2019 - 00:00

Aos 90 anos,  a ex-operária da fábrica de charutos Dona Dalva Damiana simboliza o samba de roda do recôncavo baiano. Com suas vestimentas que reverenciam a Irmandade da Boa Morte e seu jeito poético de cantar o simples é energia, é amor, é puro axé.

Dona Dalva foi uma das principais colaboradoras do dossiê que resultou na titulação do Samba de Roda do Recôncavo como Obra Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade. O título foi concedido pela Unesco. Ela também foi a primeira personalidade a receber o título de Doutora Honoris Causa pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, em 2012.

Dona Dalva é da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte e segue legado recebido de sua avó, africana de origem nagô
Dona Dalva é da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte e segue legado recebido de sua avó, africana de origem nagô - Plural Filmes

Criado em 12/10/2019 - 15:10

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí