Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Tostão, o Rei Branco - Parte 2

10 X 10 - Os donos da camisa

No AR em 03/04/2020 - 19:30

Os feitos de Tostão sempre foram significativos, com Dirceu Lopes formou uma das duplas de maior talento no futebol brasileiro de todos os tempos. Em 1966, pela Taça Brasil, o Cruzeiro bateu o Santos, bicampeão da Copa Libe rtadores e do Mundo (1962/1963) e então pentacampeão do Campeonato Brasileiro (Taça Brasil), que contava com nada mais nada menos que Pelé, Pepe, Mauro, Zito, Mengálvio, Gilmar, Coutinho e outros grandes jogadores.

Na década de 1960, Tostão tornou-se ídolo da torcida do Cruzeiro
Na década de 1960, Tostão tornou-se ídolo da torcida do Cruzeiro - Reprodução/TV Brasil

Chico relembra histórias fantásticas, entre elas a da partida que o Cruzeiro venceu o Santos por goleada por 6x2. No dia seguinte uma fotografia estampava a primeira página de um jornal. Tostão tinha na cabeça um coroa e uma legenda o qualificava como o novo Rei. Com humildade, Tostão recusou o título.

Mas depois de suas atuações nas Eliminatórias para a Copa de 1970 e na conquista do tricampeonato mundial, Tostão não teve como escapar de um outro título: "Pelé Branco". Para ele só faltou mesmo vestir a camisa número 10.

Criado em 31/03/2020 - 17:35

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí