Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A História do Voto no Brasil

Como o brasileiro vota desde a época em que o país era colônia de

Caminhos da Reportagem

No AR em 19/09/2014 - 01:00

Historiadora Ane Cajado mostra modelo de urna antiga.A juiza Kenarik Boujikian analisa o direito a voto do preso provisório.Até outro dia, o analfabeto, o preso e o índio não votavam. A mulher só chegou perto de uma urna em 1927, no Rio Grande do Norte, mas só cinco anos depois é que o voto feminino foi legitimado para todo o país.

No ritmo da história, a eleição brasileira conheceu as regras de imperadores,  republicanos, ditadores civis e militares. O Caminhos da Reportagem mostra a evolução do voto desde as primeiras eleições populares em 1932, na cidade de O índio Guarani Mbyá Juscelino Peralta vota pela primeira vez aos 19 anos.São Vicente (SP), onde foi instalada a primeira câmara de  vereadores. O programa remonta aos tempos da colônia, dos conchaves, das fraudes, do coronelismo e do voto de cabresto.

E nos dias atuais, como o eleitor escolhe o candidato? Da cédula manual às urnas eletrônicas, uma pergunta divide opiniões de muitos especialistas: a urna eletrônica é confiável?


Reportagem: Aline Moraes
Produção: Aline Beckstein, Fernanda Balsalobre, Luana Ibelli, Michelle Godoy, Natália Keiko e Thaís Rosa
Apoio à produção: Carlos Molinari, Tiago Bittencourt
Imagens: Alexandre Nascimento, Édina Girardi,  Eduardo Viné, Milene Nunes, Sigmar Gonçalves
Auxiliares: Maurício Aurélio, Daniel Teixeira, Diego Silva
Sonoplastia: Priscila Resende
Edição de imagens: Caio Cardenuto, Carina Scarpa, Fábio Montes, Rodger Kenzo
Roteiro: Fernanda Balsalobre
Direção: Bianca Vasconcellos

Em Tangará (RN), o voto de cabresto era comum.

 

 




Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 11/09/2014 - 17:33 e atualizado em 22/09/2014 - 19:38

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí