Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Garrincha, Alegria do Povo

Gravado no apogeu da carreira do astro, filme destaca o consagrado

Ciclos de Cinema

No AR em 15/06/2014 - 01:30

Garrincha, Alegria do PovoO documentário Garrincha, Alegria do Povo mostra o apogeu da carreira de jogador de futebol de Manuel Francisco dos Santos, o Mané Garrincha, com o bicampeonato mundial pela seleção brasileira nas Copas de 1958 e1962 e a consagração do craque das pernas tornas no Botafogo, onde eternizou a camisa 7.

O filme alterna imagens de Garrincha em ação no Botafogo e na Seleção Brasileira, com algumas cenas do cotidiano, como a rotina de treinos no clube carioca  e a preparação do time para entrar em campo, com aparições dos jogadores da época, como Zagallo, Jairzinho e o goleiro Manga.

Acompanhando as imagens, o narrador Heron Domingues conta história sobre a vida do jogador, como o fato dele morar em uma casa cedida pela industria de tecidos onde trabalhava em sua terra natal, Pau-Grande, distrito de Magé. Garrincha aparece comprando discos na cidade do Rio e depois dançando ao som deles com algumas das suas sete filhas.

O saudoso craque é descrito como um operário desleixado, que conseguia dormir mesmo com o barulho das máquinas, mas que não era despedido porque nos finais de semana era o destaque nos jogos do time de futebol da fábrica. A narração enfatiza também a história de que Garrincha só soube que suas pernas eram tortas ao ler sobre isso nos jornais.

Com rápidos depoimentos de Garrincha sobre a fama que conquistou, e do médico que descreve a anormalidade no seu joelho, o grande destaque do documentário são as cenas clássicas do craque em campo, seus dribles desconcertantes e seus belos gols defendendo o Botafogo e a Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

Em preto e branco, o longa dirigido por Joaquim Pedro de Andrade  foi o primeiro documentário brasileiro sobre um esportista. O filme conquistou o Prêmio Carlos Alberto Chieza, do Festival de Cortina D'Ampezzo, na Itália em 1963, além dos prêmios Carmen Santos e Governador da Guanabara no mesmo ano. Em 1964, o documentário recebeu Menção Honrosa do Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Reprise. 61 min.

Garrincha comemora um gol pela seleção brasileira contra a Suécia




Ano: 1962. Gênero: documentário esportivo. Direção: Joaquim Pedro de Andrade, com Garrincha, Heron Domingues, Nair dos Santos.

Classificação Indicativa: 14 anos

Criado em 19/12/2013 - 11:49 e atualizado em 05/06/2014 - 12:50

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí