Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

O príncipe herdeiro chega a São Tomé

Luís Bernardo e Ann estão cada vez mais apaixonados

Na missa, David desconfia dos olhares trocados entre o governador e Ann
O príncipe herdeiro chega, finalmente, a S. Tomé. A multidão o recebe animada. Na missa, David repara na troca de olhares entre Luís Bernardo e Ann.

Maltez diz a Massara e Saturnino que não teve nada a ver com o incêndio da sua cabana e fala que está tudo bem. Quando se afasta, diz a Alípio que fingiu para agradar ao conde Valle Flor e que assim que o príncipe e os demais nobres partirem da ilha, ajustará contas com o casal negro.


O príncipe é apresentado aos dignitários de S. Tomé. Luís Bernardo sente-se vigiado pelo ministro que acompanhou o príncipe. Em conversa, o ministro insinua que Luís Bernardo colabora com o inglês contra os colonos portugueses.


Thomas segue numa demanda pela busca da planta que lhe dará a imortalidade.


Eduarda e Zé Maria fazem amor. Leonor decide informar Maltez de que algo estranho se passa com Zé Maria.


Ann envia nova carta a Luís Bernardo. David vê quando ela entrega a carta ao jardineiro e pergunta ao criado onde é que ele foi entregá-la. Ann vem em socorro do jardineiro e desvia a conversa, dizendo-se entusiasmada por ir jantar com o futuro rei de Portugal.



O príncipe elogia Ann
O jantar acontece. Ann chega com um vestido deslumbrante. O príncipe real a elogia a David.


Luís Bernardo se ausenta da sala por uns instantes para ir buscar charutos. Ann o segue e eles se beijam, apesar da hesitação do governador.


Thomas se dirige a Maria Augusta, que mal responde.


David pede a Luís Bernardo para ir com ele buscar os charutos e vê a bolsa de Ann sobre a mesa do governador.


Adélia e Maria Luísa conversam sobre uma receita afrodisíaca. Leonor fica furiosa quando Eduarda lhe diz que esteve com Zé Maria. Ela cruza com Sansão e pergunta onde pode encontrar o curandeiro.


O príncipe, o ministro e Luís Bernardo visitam a fazenda de Maria Augusta. O governador comunica ao ministro do rei que aquela é a única fazenda onde o ambiente é bom. A visita às fazendas prossegue. O príncipe fica convencido de que a civilização reina em S. Tomé. Ann e David brincam com os discursos hipócritas.


Os fogos-de-artifício começam, iluminando toda a ilha. Luís Bernardo e Ann se encontram às escondidas.




Criado em 16/11/2011 - 05:00 e atualizado em 16/11/2011 - 05:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí