Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A modernidade líquida de Zygmunt Bauman

O renomado sociólogo polonês traça um panorama da sociedade

Incertezas Críticas

No AR em 19/03/2017 - 09:30

Esta edição do Incertezas Críticas exibe uma entrevista com o saudoso sociólogo polonês Zygmunt Bauman, que faleceu em janeiro de 2017. Autor de livros de sucesso, como “Amor Líquido”, o filósofo contemporâneo mostra como o poder econômico reduziu a capacidade política dos governos. E também traça um panorama sobre diversos aspectos do plano coletivo ao particular.


"O caráter emergente da sociedade e da vida individual pode ser caracterizado dizendo-se que a incerteza é a única certeza que temos. A crise econômica é só um exemplo dessa instabilidade", afirma. Na entrevista realizada em sua residência com a equipe da série exibida pela TV Brasil, Bauman também reflete sobre as perspectivas de futuro para os jovens e discute o uso das redes sociais, como o Facebook.

"Você pode ser quem quiser e ter um mundo imaginário, on-line, que não aparece na realidade, off-line. Pode ter várias identidades diferentes, fingir ser algo que não é e realizar todos os seus sonhos. É uma maneira de fugir das duras exigências e asperezas do mundo off-line", destaca.

O escritor tem uma extensa biografia com análises sobre a sociedade e as mudanças do mundo atual. Criador do conceito de "liquidez" na modernidade, em que aborda as relações e a fluidez contemporâneas causadas pela globalização, Bauman faz uma crítica explícita ao atual sistema fragmentado de absorção de informações. "A combinação dos sentimentos de ignorância e impotência dá um resultado que é a humilhação, um golpe pesado na autoconfiança e na autoestima. 'Sou um homem sem valor, não sou quem deveria ser'. De acordo com as estatísticas, a depressão é a doença mais comum no momento", pontua o intelectual.

Autor de 35 livros publicados no Brasil ao longo de várias décadas, o homenageado aborda em sua obra temas relacionados à comunicação, à filosofia e ao humanismo. Zygmunt Bauman foi reconhecido com os prêmios Amalfi e Adorno. Também foi professor emérito de sociologia das universidades de Leeds e Varsóvia.




Direção: Daniel Augusto
Produção: Grifa Filmes

Criado em 14/03/2017 - 11:29 e atualizado em 14/03/2017 - 11:29

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí