Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Arnaldo Antunes e Tom Zé

A trajetória e a ebulição criativa dos multiartistas irreverentes

Musicograma

No AR em 17/02/2013 - 00:00

Arnaldo AntunesTom ZéO Musicograma desta semana traz toda a irreverência de dois premiados cantores, compositores, atores, autores, poetas, e agitadores culturais e intelectuais - ufa! Arnaldo Antunes e Tom Zé são isso tudo e muito mais. O programa relata a carreira artística de ambos através da história da música brasileira e internacional.

Arnaldo Antunes teve seu início em 1982, no grupo músico-teatral Aguilar e Banda Performática, quando também entrou para o Titãs do Iê-Iê que, em seguida, passou a se chamar somente Titãs - onde ficou até 92. Nesse tempo, se apresentou em todo o Brasil e em outros países como Suíça, Portugal e EUA.

É considerado por muitos um dos melhores poetas de sua geração e possui vieses característicos do movimento Concretista. É premiado pela Associação Paulista dos Críticos de Arte, tem projetos expostos e compostos, entre eles, um songbook sobre a música e as cores de Chico Buarque, além de produzir trilhas sonoras para espetáculos de dança. Suas composições foram gravadas por vários artistas como o grupo Ira!, a cantora Sandra de Sá, Ney Matogrosso e Cássia Eller. Tem parceria incríveis em seu currículo, como no projeto Os Tribalistas, desenvolvido com Marisa Monte e Carlinhos Brown.

Antônio José Santana Martins, mais conhecido como Tom Zé, é compositor, cantor, arranjador e um ator brasileiro. Considerado um dos mais originais artistas da MPB, o compositor baiano teve participação ativa no movimento tropicalista, na década de 60. Com sua irreverência, deu voz aos sonhos daqueles que vislumbravam transformações sociais. Dividiu o palco com Caetano, Gil, Gal Costa e Maria Bethânia, e conquistou diversos prêmios, entre eles, o primeiro lugar no IV Festival da Música Brasileira, da TV Record. Durante as décadas de 70 e 80, esteve em estudo, experimentando sons com características cada vez mais pop. No fim da década de 80, ganha fama internacional ao fazer parcerias com o músico americano David Byrne, que o lançou nos EUA. A partir daí, Tom Zé conquista público na Europa, nos EUA e no Brasil, onde tem suas composições interpretadas por bandas vanguardistas.




Direção Luiz Carlos Pires
 

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 27/11/2010 - 15:19 e atualizado em 18/02/2013 - 11:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí