Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Almoço quase tirou Zico do Flamengo para o Vasco

Galinho conta histórias do tempo de escola e do início na Gávea

No Mundo da Bola

No AR em 02/02/2020 - 21:00

Zico vestiu outra camisa, antes de se tornar jogador do Flamengo - a do América. Nesse terceiro episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, ele lembra que foi levado pelo irmão Edu ao América para fazer um treino. É claro que agradou, mas no dia seguinte o destino cruzou o caminho dele ao de Celso Garcia. O radialista foi ver um jogo do garoto Arthur no time de futebol de salão do River. Foram nove gols, que fizeram com que Celso Garcia saísse dali direto para Quintino, para conversar com "Seu" Antunes. Zico passou a ir ao Flamengo diariamente e logo no primeiro jogo nos juvenis marcou dois gols. No dia seguinte, estava registrado na Federação como sendo do Flamengo. Mas houve um imprevisto. Zico não podia abandonar os estudos, no horário da tarde. O treino, na Gávea, era de manhã. Como almoçar? A solução seria o Flamengo bancar, mas isso naquela época não era cogitado. Zico ficou em casa por quase dois meses, recebeu convite para ir para o Vasco, mas de novo o destino interferiu. O dirigente George Helal soube do problema e resolveu bancar o garoto. E assim começava a história de Zico no Flamengo.

Zico I3
Zico confessa que escrevia bilhetes na caderneta escolar, para poder ir aos treinos do futebol

Criado em 04/02/2020 - 07:00 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí