Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Fernanda Honorato, primeira repórter com Síndrome de Down, é homenageada do Prêmio Rio sem Preconceito

Fernanda Honorato, do Programa Especial, foi homenageada na terceira edição do Prêmio Rio Sem Preconceito na noite de terça-feira (15/9). De acordo com a revista Ranking Brasil, ela é a primeira repórter com Síndrome de Down no país.

Fruto de uma iniciativa da Coordenadoria Especial de Diversidade Sexual do Rio de Janeiro, o evento presidido por Carlos Tufvesson, foi dirigido por Guilherme Piva e apresentado por Marcelo Tas e Glória Maria.

Honorato estava entre as 12 personalidades celebradas no evento como exemplos de luta contra a discriminação. Ao lado dela estava Maria Julia Coutinho, apresentadora do tempo no Jornal Nacional que foi vítima de preconceito nas redes sociais e Kailane Campos, menina de 11 anos que foi apedrejada em Vila da Penha, no Rio, após sair de um ritual de umbanda.

Para Honorato, ser prestigiada no evento é uma grande realização profissional e pessoal, mas acima de tudo, a repórter ressalta que o prêmio tem um significado enorme para pessoas com deficiência no Brasil. Em seu discurso de agradecimento, Honorato fala da importância do prêmio.

“Esse prêmio aqui serve de lição, que nos podemos realizar os nossos sonhos de romper barreiras. Eu me orgulho de lutar pela nossa causa do Síndrome de Down. Obrigada Brasil, obrigada Rio de Janeiro e o Rio Sem Preconceito”, diz.

A repórter ainda agradece a TV Brasil e dedicou o prêmio à diretora do Programa Especial Ângela Patrícia Reiniger ressaltando que “se hoje eu sou quem eu sou eu devo a você e a TV Brasil.”

Assista ao discurso de agradecimento de Fernanda Honorato gravado durante a cerimônia abaixo:




Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 17/09/2015 - 12:19 e atualizado em 17/09/2015 - 12:48

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí