Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Comandante-geral da PMDF é ouvido na CPI dos Atos Antidemocráticos

Repórter Brasil Tarde

No AR em 15/06/2023 - 12:15

A CPI dos Atos Antidemocráticos da Câmara Legislativa do Distrito Federal ouve nesta quinta-feira (15) o comandante-geral da Polícia Militar do DF, coronel Klepter Rosa Gonçalves. Ele foi questionado pela CPI sobre a alocação de efetivo para o dia 8 de janeiro.

Klepter disse que autorizou o uso, como reforço, de 200 cadetes e que as demais tropas, que não estavam de serviço, deveriam ficar de sobreaviso, em casa, e não de prontidão, quando ficam nos quartéis já preparados.

Essa decisão, segundo Klepter, foi baseada na informação do coronel Paulo José, de que, até momentos antes da invasão, não havia certeza de que os vândalos seguiriam para a esplanada.

Paulo José era o chefe do departamento de operações da PM, responsável por planejar a ação e o efetivo. Ele foi convocado pela CPI, mas não compareceu, alegando problemas de saúde.
 

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 15/06/2023 - 15:55

Últimas

O que vem por aí