Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

RJ: operação mira quadrilha que aplica golpe do empréstimo consignado

Uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil do estado mirou na organização criminosa que tinha os idosos como alvos. A quadrilha era chefiada por um policial militar. 

Foram expedidos mandados contra sete integrantes da quadrilha. Entre os presos está o policial militar Gustavo de Oliveira Pial, acusado de ser o mandante do grupo que praticava estelionato. 

Segundo a denúncia do Ministério Público, o grupo aplicou pelo menos 17 golpes do empréstimo consignado. Geralmente em pessoas idosas. Em um ano foram movimentados cerca de R$ 640 mil. 

Eles ligavam para as vítimas, geralmente aposentados ou pensionistas, e diziam que existia um resíduo de contribuição a receber -  como FGTS ou um 14º salário - e ofereciam assistência jurídica. Com isso, conseguiam os documentos para fazer o empréstimos consignados no nome da vítima. 

Com a documentação, captação biométrica e senha, eles faziam a retirada do dinheiro em espécie ou a transferências para conta de laranjas. 

Até agora foram sete pessoas denunciadas. Cinco foram presas. 

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 21/06/2024 - 17:15

Últimas

O que vem por aí