Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A indústria do carnaval

Festa momesca é uma das mais lucrativas do Brasil

Sem Censura

No AR em 17/02/2020 - 18:00

O carnaval é uma das festas populares mais lucrativas do Brasil.

Para conversar sobre as oportunidades de negócios em torno da festa, o Sem Censura conversa com o promoter Diógenes Queiroz, organizador do camarote "Allegria", na Marquês de Sapucaí, e com Gebran Smera, estilista, cenógrafo e carnavalesco.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as atividades turísticas relacionadas à folia devem alcançar o maior volume de receitas desde 2015, chegando a R$ 8 bilhões, um aumento real de 1% em relação ao ano de 2019.

O amazonense Diógenes veio para o Rio estudar hotelaria. Na cidade, passou a trabalhar com eventos, quando viu a oportunidade de transformar o carnaval em um negócio. Responsável pelo camarote Allegria, no sambódromo, o empresário, relações públicas e promoter revela números da economia do carnaval, como rentabilidade e geração de empregos.

Vencedor do Estandarte de Ouro pela melhor comissão de frente do carnaval 2019, a da Portela, junto com coreógrafo Carlinhos de Jesus, o figurinista e carnavalesco Gebran Smera assina figurinos para grandes nomes da música brasileira. Ele comenta, no programa, a economia criativa do carnaval. 

Venda de adereços e fantasias movimentam comércio popular
Venda de adereços e fantasias movimentam comércio popular , por Tomaz Silva - Agência Brasil

 

Criado em 17/02/2020 - 12:55

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí