Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Telemedicina para combater o coronavírus

Ministério da Saúde autoriza médicos a atenderem pacientes a distância

Sem Censura

No AR em 30/03/2020 - 14:00

O Sem Censura Especial continua a trazer informações essenciais para enfrentar a pandemia de coronavírus. No Brasil, o número de infectados ainda é crescente.

Neste programa, vamos entender como funcionam as consultas médicas a distância. O Ministério da Saúde autorizou a modalidade como uma forma de proteger tanto os médicos como os pacientes, por causa da Covid-19. O Conselho Federal de Medicina (CFM), já tinha autorizado a prática, de maneira excepcional, para combater a doença.

A distância, médicos podem emitir atestados, receitas e determinar isolamento
A distância, médicos podem emitir atestados, receitas e determinar isolamento - pxfuel

Para nos explicar sobre as possibilidades de teleatendimento, entrevistamos, por Skype, o médico Antônio Carlos Endrigo, diretor da Associação Paulista de Medicina. A instituição fez uma pesquisa e constatou que os médicos são a favor do uso da tecnologia. Oito em cada dez aprovam o uso de Whatsapp e outros aplicativos de mensagem instantânea no relacionamento com pacientes.

Com a permissão do ministério, fica permitido aos médicos fazer consultas por meio de tecnologias interativas de comunicação, monitorar pacientes, além de emitir atestados, receitas médicas e determinar o isolamento domiciliar.

A ideia é permitir que pacientes recebam as primeiras orientações de forma remota e chegar a quem mora longe dos grandes centros urbanos.

A tecnologia utilizada no atendimento deve, entretanto, garantir a segurança das informações e o sigilo médico.

Durante o programa, nossos jornalistas de Brasília, do Rio de Janeiro e de São Paulo continuam a trazer as notícias mais importantes do dia e as ações de enfrentamento ao coronavírus no país. 

Ficou com alguma dúvida? Não perca nosso programa. Até já!

 

Criado em 30/03/2020 - 12:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí