Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Série aborda crenças de mórmons e budistas

Produção documental independente revela perspectiva das crianças

O terceiro e o quarto episódios inéditos da série documental "O olhar que vem de dentro" apresentam a visão das crianças sobre as religiões mórmon e budista no início da manhã deste domingo (31), às 6h, na TV Brasil.

A produção independente destaca a realidade de jovens para incentivar a reflexão sobre espiritualidade. Eles desenvolvem o pensamento crítico ao explicar de modo lúdico e espontâneo seu ponto de vista infantil sobre as religiões.

A primeira atração acompanha Leticia Carvalho que é mórmon e faz parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. A menina de 9 anos conta sobre a origem da sua crença e enfatiza a importância do livro dos mórmons como um pilar para a sua religião. A série mostra o cotidiano de Leticia e sua família e as tradições mórmons.

Em seguida, às 6h15, o programa é guiado por João Pedro que tem 11 anos e faz parte do Budismo Kadampa, fundada pelo grande Mestre Budista indiano Atisha (982-1054). O garoto explica que se tornou budista por escolha própria e não por influência dos pais.

Durante o episódio, João Pedro comenta porque é devoto da Buda Tara Verde, Buda feminino que manifesta a sabedoria suprema e é conhecida por ser a Mãe Sagrada, protetora dos perigos imediatos e importante durante o crescimento espiritual.

Sobre a série

Em 13 edições de 13 minutos, a série documental "O olhar que vem de dentro" busca oferecer a oportunidade para o público acompanhar vivências espirituais de diversas crenças. A proposta é valorizar a riqueza da religiosidade nacional com foco no ecumenismo, na convivência harmônica de credos e no sincretismo, características dos professantes de crenças no país.

Realizada pela Saci Filmes, do Acre, a produção independente aborda essa diversidade religiosa brasileira pelo ponto de vista das crianças ao tratar de temas importantes para o debate com essa faixa etária como bullying e a importância do respeito inter-religioso.

Com sotaques de crianças de diferentes idades que moram em várias regiões do país, a série amazônica revela o cotidiano desses jovens que dão depoimentos emocionantes. Eles contam a experiência espiritual que vivenciam nos seus credos e explicam os desafios que enfrentam por causa de sua fé na rotina em sua comunidade, escola e família.

A obra seriada documental "O olhar que vem de dentro" mostra liturgia, ritos e cerimônias de religiões de matriz africana, como o Nagô de Pernambuco e o Candomblé bem como as de origem indígena como os caxinauás, da cultura Huni Kuin, e a Jurema Sagrada, do Nordeste do Brasil.

A produção independente ainda aborda as crenças mórmon, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias; o Budismo Kadampa; o Judaísmo Masorti; o Santo Daime; a Arca da Montanha Azul; o Islamismo; o Catolicismo; a Casa da Benção e o Vixnuísmo ou Vaishnavismo, tradição do Hinduísmo.

Valorização do conteúdo independente nacional

Criada pela produtora amazônica Saci Filmes, a série documental "O olhar que vem de dentro" tem direção de Sérgio de Carvalho, Pedro Von Kruger e Pedro Sotero. Esse conteúdo independente foi selecionado pelo programa Brasil de Todas as Telas, linha do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav/TVs Públicas).

A TV Brasil é um dos canais que mais exibe obras nacionais independentes. Além de ser uma grande apoiadora da produção de conteúdo audiovisual no mercado independente do país, a emissora pública estimula novos realizadores e reforça valores como a não violência e a tolerância às diferenças.

Serviço:
"O olhar que vem de dentro" – domingo, dia 31/5, às 6h, na TV Brasil

Gerência de Comunicação
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato:(21) 2117-6218 / (21) 2117-6653
imprensa@ebc.com.br

Criado em 29/05/2020 - 14:15 e atualizado em 29/05/2020 - 14:15

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí