Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

O Tigre e o Monge

Documentário retrata relação harmoniosa entre predador e humano

DOC Brasil

No AR em 23/11/2014 - 19:30

O Tigre e o MongeWat Pa Luangta Bua é um monastério de meditação, situado longe de qualquer civilização, a aproximadamente 200 km a oeste de Bangkok. No local, o silêncio, a paz e a harmonia reinam.

O documentário O Tigre e o Monge vai até lá conferir o ritual que acontece todas as tardes, em que os monges budistas levam seus dez tigres de 3 a 5 anos para passear nas regiões de Burma. Eles adotaram os tigres e agora os alimentam e os adoram como animais sagrados. Embora acariciem e brinquem com os filhotes, os monges tratam os animais com reverência e respeito, mas sempre levando em consideração a máxima que diz que “um tigre sempre será um tigre, mesmo se for alimentado pelas mãos. Ele será sempre um animal selvagem”.

Os tigres já foram os aristocratas da selva do sudeste da Ásia, mas hoje esse rei incontestável do reino animal é uma das espécies mais ameaçada de todo mundo. Três das oito subespécies já estão extintas, um fato que pode superar os outros animais. Estima-se que há de 500 a 2 mil tigres da Indochina habitando as florestas intactas das regiões do sul da China, Burma, Tailândia, Camboja, Malásia e Vietnã.

O Tigre e o Monge já foi exibido em outros nove países, e premiado no Waga Bros Intl Festival of Nature Films, Goniadz; no Nature Vision (melhor história e prêmio da audiência); no Green Wave Festival (Gran Prix); no Cineeco (prêmio para conservação antropológica); além de receber menção honrosa no Intl Wildlife Film Festival, Missoula, e ser recomendado no Matsalu Nature Film Festival. Reprise. 51 min.




Título original: The Tiger and the Monk. País: Áustria. Ano: 2006. Gênero: documentário. Direção: Harald Pokieser. Co-produção: Thirteen/WNET New York, Canal+ e BR, Munique

Classificação Indicativa: Livre

Criado em 12/06/2012 - 12:23 e atualizado em 14/11/2014 - 17:07

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí