Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Afinal, o que pode e o que não pode, Arnaldo Cezar Coelho?

Ex-árbitro garante que o futebol não foi trabalho, mas sim, diversão

No Mundo da Bola

No AR em 26/01/2020 - 20:00

No último episódio da entrevista ao repórter Sergio du Bocage, Arnaldo Cezar Coelho garante que a arbitragem foi uma atividade que o divertiu. Ele não considerava como um trabalho e lembra que começou na função, ainda na praia, porque gostava de futebol. Arnaldo destaca que, graças ao futebol, se formou em Educação Física, entrou para o mercado financeiro e se tornou empresário e, mais recentemente, era comentarista de arbitragem. Aos 76 anos, garante que ainda leva uma vida intensa. Arnaldo conta histórias curiosas que presenciou em campo, como a matada de pedra de Maradona e das discussões que havia em campo entre os jogadores. No passado, o cigarro era normal nos vestiários e tinha árbitro que entrava em campo fumando. Os momentos com Pelé, dentro e fora de campo, também são lembrados por Arnaldo, que revela, ainda, estratégias dos jogadores para o criticarem durante os jogos. Ele encerra respondendo à pergunta: pode isso, Arnaldo?

Arnaldo I11
Sergio du Bocage e Arnaldo Cezar Coelho, novo integrante do Álbum da Bola

Criado em 28/01/2020 - 10:00 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí