Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Notícias falsas podem colocar eleições em risco, diz presidente do TSE

A afirmação foi feita em Brasília pelo presidente do TSE

A produção e a divulgação de notícias falsas, as chamadas fake news, podem colocar em risco o processo democrático, a ponto de resultarem na anulação de algum pleito, caso tenham influenciado significativamente o resultado final. A afirmação foi feita hoje (20),  em Brasília, pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante a abertura do seminário Impactos Sociais, Políticos e Econômicos das Fake News.

Confira também nessa edição:

Temer alerta para os que apostam na notícia falsa para se beneficiar. Rosa Weber é eleita presidente do TSE e fala em "disputa acirrada";

STF valida delações premiadas negociadas por delegados e decide sobre ridicularização de candidatos;

STF determina que senador Ivo Cassol cumpra pena de imediato e absolve Gleisi e Paulo Bernardo de corrupção e lavagem;

TRF nega HC a Roberto Teixeira. Grupo Odebrecht vai devolver R$ 7 mi à Prefeitura de São Paulo;

Empresa participou de cartel para fraudar licitações, segundo o MP - SP;

49 crianças brasileiras estão em abrigos americanos separadas dos pais;

Assédio a mulher na Rússia envergonhou Brasil, diz ministro do Esporte;

PM abre processo contra tenente envolvido em assédio na Rússia;

CCJ do Senado aprova projeto que criminaliza importunação sexual;

Polícia Civil e Exército fazem operação no Complexo da Maré;

Rio: adolescente é baleado durante operação conjunta na Maré. Já são 6 mortos na Operação;

Exército destrói quase 9 mil armas no Rio de Janeiro;

Itamaraty cobra respeito e moderação do governo Maduro;

Canadá é o primeiro país do G7 a legalizar uso recreativo da maconha;

Ex-presidente do Panamá cumprirá pena em uma penitenciária.


 

Criado em 20/06/2018 - 20:00 Por TV Brasil

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí