Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

2ª Turma do STF mantém liberdade do ex-ministro José Dirceu

E Mesa Diretora da Câmara dos Deputados avalia cassação de Maluf

Repórter Brasil

No AR em 22/08/2018 - 09:30

O resultado foi apertado: por três votos a dois, ficou mantida a suspensão da prisão do ex-ministro José Dirceu, condenado a uma pena de 30 anos na operação Lava Jato. Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski foram a favor de que ele continue solto. Já Edson Fachin e Celso Mello determinaram que ele voltasse para a prisão.

Dirceu foi preso em maio, depois da segunda instância da Justiça Federal confirmar a condenação. Em junho, o ex-ministro deixou a penitenciária da Papuda, em Brasília, e deve continuar em liberdade até a análise do recurso da defesa que pede reavaliação da pena, pelo Superior Tribunal de Justiça.

Na mesma sessão, os ministros também mantiveram a decisão de suspender a condenação e determinar a soltura de outro condenado na Lava Jato - o ex-tesoureiro do PP, João Cláudio Genu.

Ainda em Brasília, a partir das 11h, os integrantes da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados vão se reunir para discutir se cassam ou não o mandato de Paulo Maluf (PP-SP). O político foi orientado pelo advogado a renunciar ao mandato, mas até agora não se posicionou a respeito.

Em maio do ano passado, o Supremo Tribunal Federal condenou Maluf a sete anos e nove meses de prisão e determinou que a Mesa Diretora decretasse a perda do mandato, mas havia divergência sobre quem deveria fazer isso: o Plenário ou a Mesa Diretora. O deputado ficou preso entre dezembro do ano passado e março deste ano, na Papuda, em Brasília, e depois passou a cumprir prisão domiciliar, devido a problemas de saúde.

 

Criado em 22/08/2018 - 09:30

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí