Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Favelas e periferias contra o coronavírus

Conheça ações e medidas de saúde para conter o vírus em áreas pobres

Sem Censura

No AR em 11/05/2020 - 14:00

O Sem Censura Especial Coronavírus começa a semana discutindo o avanço do novo coronavírus sobre as comunidades mais pobres. No programa, mantemos você atualizado sobre os principais fatos do dia, ao vivo de Brasília, do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Do estúdio, conversamos com o médico de família e comunidade Eberhart Porto Carrero e vamos conhecer a iniciativa de Renan Silva, fundador do Jornal Voz das Comunidades, no Rio de Janeiro. O jovem coordena o monitoramento de casos nas comunidades cariocas. Rene alerta para o alto número de casos suspeitos e poucos testes disponíveis.

Rene Silva recebe o premio Mipad (Most Influential People of African Descent). Ele foi reconhecido internacionalmente sendo considerado um dos 100 negros com menos de 40 anos mais influentes do mundo em 2018.
Rene Silva recebe o premio Mipad (Most Influential People of African Descent). Ele foi reconhecido internacionalmente sendo considerado um dos 100 negros com menos de 40 anos mais influentes do mundo em 2018. - Voz das Comunidades

Moradores de favelas podem ser as maiores vítimas da Covid-19. Vivendo em ambientes apertados, muitas vezes, a família toda em uma casa com poucos cômodos, em áreas onde falta água ou saneamento básico adequado, eles estão em risco. Há também dificuldade de estocar comida em casa, por falta de dinheiro para comprar alimentos, além da necessidade de sair para trabalhar.

Para ajudar essas famílias, foi lançado um guia sobre a Covid-19, com foco nas favelas e periferias. O médico Eberhart Carrero destaca o que é importante saber e quais medidas os governos precisam tomar para proteger essas pessoas, principalmente, os idosos que moram nessas condições.

As ações de prevenção nas favelas e periferias devem incluir ainda alertas sobre os riscos da doença e a necessidade do uso de máscaras; desinfecção; teleatendimento para tirar dúvidas e a atenção especial a possíveis propagadores do vírus, como mototaxistas, segundo especialistas.

No quadro que dá um giro pelo mundo, saberemos como está a situação em Angola. O sociólogo Marco Almeida, que mora em Luanda, fala como o país africano lida com a quarentena. Ele é consultor da Secretaria de Estado e de Cultura de Angola.

Favelas cariocas ainda convivem com esgoto a céu aberto
Favelas cariocas ainda convivem com esgoto a céu aberto - Fernando Frazão/Agência Brasil - Arquivo

 

Criado em 11/05/2020 - 11:50

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí