Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Caminhos da Reportagem vai ao Cazaquistão

Programa faz um retrato das relações do país com a Rússia e a China

Ex-república soviética, o Cazaquistão foi o tema do Caminhos da Reportagem, exibido na quinta-feira (15/03), na TV Brasil. O país surpreende pelas belezas naturais e frio intenso e, assim como Brasília, tem a capital Astana planejada. 

Caminhos da Reportagem mostrou a gastronomia local, onde a carne de cavalo é considerada uma iguaria. A religião islâmica, as tradições e culturas locais, os esportes na neve e os avanços econômicos, baseados na exploração de petróleo, também são destaques do programa. 

Uma das últimas repúblicas soviéticas a declarar independência, o Cazaquistão é governado por Nursultan Nazarbayev há mais de 25 anos. Caminhos da Reportagem faz um retrato das relações internacionais do país com a Rússia e com a China. O programa entrevista ainda um brasileiro que mora há anos no país e não troca o frio cazaque por nada.

O plano diretor de Astana foi projetado pelo arquiteto japonês Kisho Kurokawa. A capital sedia o parlamento, a suprema corte, o palácio presidencial e vários departamentos e agências governamentais, além de edifícios, hotéis e arranha-céus futuristas. 

Independente da antiga União Soviética desde 1991, o Cazaquistão tem uma história bem mais antiga, que remonta o tempo dos cossacos que habitavam a região. No século XIII, o Cazaquistão foi ocupado por Genghis Khan, o imperador mongol. Astana é a primeira capital a ser construída de forma planejada no século XXI.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 14/03/2018 - 12:15 e atualizado em 15/03/2018 - 23:00

Ultimas

O que vem por aí