Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Curta em Cena discute representação do carnaval

Diretores comentam a festa nas produções audiovisuais

Evento de grandes proporções, o carnaval tem uma enorme cobertura audiovisual jornalística. Mas como essa festa é representada em obras de duração reduzida na sétima arte? Esse é o mote do Curta em Cena deste sábado (12), às 23h, na TV Brasil.

O programa apresenta trechos de duas produções premiadas que que utilizam a folia para poetisar: "O Beijo de carnaval", de Raniere Figueiredo, e "Pele de pássaro", de Clara Peltier. Para falar sobre essas produções, a jornalista e apresentadora Tâmara Freire entrevista os realizadores desses curtas.

A atração da emissora pública destaca que o curta-metragem é um formato capaz de dar um recorte original ao que o público acompanha todos os anos sobre o carnaval em diversas as mídias. A linguagem e as liberdades do conteúdo curto mostram perspectivas diferenciadas sobre a maior festa popular do Brasil.

No estúdo do Curta em Cena, o diretor Raniere Figueiredo conversa com Tâmara Freire sobre o seu curta que percorrer diversos blocos e a paixão dos casais. "É um compêndio de beijos dos foliões no carnaval de rua do Rio de Janeiro", relata ao citar como referência o clássico "Cinema Paradiso", drama de Giuseppe Tornatore, em especial nas cenas cortadas de beijo na sala de cinema.

"A arte não é produto, mas um exercício que você faz para se expressar", afirma sobre a obra "O Beijo de carnaval", premiada e exibida em festivais. O curta resgata momentos de ternura, entrega e liberdade que as pessoas vivem nesses quatro dias de alegria, delírio e cansaço.

O cineasta também comenta as premissas estéticas da obra como o efeito em slow motion, a escolha pelo preto e branco, além da trilha sonora. "Quando a gente beija, o tempo se dilata, o som diminui de intensidade e a gente parecele levitar. O slow motion associado ao beijo funciona bem", argumenta o realizador.

Raniere comenta ainda a escolha de cores e a trilha sonora do seu curta. "O preto e e branco denota uma perspectiva atemporal e direciona o olhar para o que é importante. E por ser um filme romântico, a trilha também deveria remeter a essa emoção", completa.

Produzido e dirigido pela cineasta Clara Peltier, o filme "Pele de pássaro" mostra a rotina da passista Tuane Rocha, entre o glamour da profissão e a simplicidade da vida real, revelando a mulher que existe por trás da fantasia.

"É um curta-documentário. Acompanhei a Tuane ao longo de quase um ano para tentar entender como é a vida de uma passista: a rotina de shows e a vida em casa com a família. A ideia do filme partiu desses dois universos", comenta a jornalista sobre a obra que obteve reconhecimento em diversos festivais.

Sobre o programa

Programa voltado para as produções audiovisuais de duração reduzida, o Curta em Cena exibe semanalmente filmes que representam esse universo da sétima arte brasileira. Apresentada pela jornalista Tâmara Freire, a atração recebe diretores, produtores e especialistas para comentar os curtas. A proposta é agregar mais informação sobre o contexto da criação e da realização de cada obra.

Serviço
Curta em Cena – sábado (12), às 23h, na TV Brasil

Da Gerência de Comunicação Institucional
Empresa Brasil de Comunicação - EBC
Contato: (21) 2117-6818

Ultimas

O que vem por aí