Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

A comunidade do Catalão

Conheça o cotidiano de quem vive em casas flutuantes

Nova Amazônia

No AR em 23/10/2016 - 17:00

O menino Leo Borges conta sobre as brincadeiras de criança da comunidade flutuante do Catalão.Já imaginou morar em um lugar onde as ruas são rios, os carros dão lugar aos barcos, e os tijolos e concreto das casas são substituídos por tábuas de madeiras? Essa é a realidade do Catalão, uma comunidade flutuante onde vivem 80 famílias. Nossa equipe foi conhecer o cotidiano dos moradores que convivem em harmonia com o regime das águas do Rio Negro, que passa metade do ano na cheia, e a outra na vazante.

Fomos recebidos pela Dona Raimunda, moradora da comunidade há mais de 20 anos, hoje presidente da Associação dos Moradores. Bem humorada e muito querida por todos, principalmente pelas crianças, Dona Raimunda é considerada uma espécie de “mãe” da comunidade, e foi a nossa guia durante o tempo que passamos por lá.

Além de ser uma atração turística por si só, o Catalão chama a atenção pelo estilo de vida tranquilo do ribeirinho e suas casas coloridas e bem arejadas. A construção desses estabelecimentos flutuantes é destaque nesse episódio do Nova Amazônia, que vai mostrar também curiosidades do dia a dia dessas pessoas que vivem sobre as águas. Tarefas do cotidiano como deixar crianças na escola, fazer compras no mercadinho e cuidar da casa ganham um toque especial e bem irreverente com o balanço do banzeiro e a natureza amazônica.


Esse é o programa de abertura da terceira temporada do Nova Amazônia, que está imperdível, desvendando personagens, espaços e tempos que fazem a história da Amazônia atual. 

 




 

 

Ficha Técnica:

Apresentação: Barbarah Israel

Direção: Bruno Villela

Criado em 12/08/2014 - 16:40 e atualizado em 31/10/2016 - 14:29

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí