Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Estado laico

Programa discute a prática do Estado laico no Brasil

Observatório da Imprensa

No AR em 23/07/2013 - 23:00

Pauta

Editorial

Assista na Íntegra

 

Pauta:

O Observatório da Imprensa desta terça-feira será um programa gravado e conta com a participação do deputado federal Jean Wyllys, do historiador Daniel Aarão Reis e do filósofo Roberto Romano, debatendo com Alberto Dines sobre a prática do Estado laico no Brasil e do espaço reservado pela imprensa ao assunto.

No próximo dia 22, o papa Francisco chega ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. A vinda do pontífice ao país pela primeira vez, atrai milhares de peregrinos e estima-se que o evento terá dois milhões e meio de pessoas.

A ocasião é oportuna para o debate sobre o Estado laico, mas a mídia nacional ainda não abriu espaço para esta pauta.

A questão da laicidade do Estado ficou no foco na mídia a partir da posse do pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Ele aprovou, recentemente, um decreto que permite a “cura gay”, contrariando organizações de direitos humanos. Outro assunto que provocou reações negativas foi o projeto do Estatuto do Nascituro, que pode dificultar a realização do aborto previsto em lei.

 

Editorial:

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

Esta edição foi gravada para ser exibida num dos feriados decretados pela prefeitura do Rio de Janeiro, para facilitar a mobilidade das legiões de jovens peregrinos de todas as partes do mundo, que se reúnem no Rio na 28º Jornada Mundial da Juventude que, como sempre, será assistida pelo sumo pontífice.

É a primeira viagem ao exterior do primeiro papa nascido nas Américas, o jesuíta argentino Francisco, eleito em março deste ano. As emocionadas homenagens e as devoções produzidas por um evento religioso desta dimensão, constituem uma oportunidade para mostrar ao mundo um Rio de Janeiro diferente daquele que aparece durante o carnaval.

É também uma oportunidade para voltarmos a examinar, com a merecida seriedade, a questão do Estado secular e laico, previsto em nossa Constituição, e continuamente atravessado pela transformação da nossa mídia eletrônica em púlpito religioso pelas confissões majoritárias: católicos e evangélicos.

A nossa insistência justifica-se duplamente: se o estado democrático de direito é por obrigação isonômico, as concessões e a programação das emissoras de rádio e televisão devem obedecer aos mesmos critérios igualitários em matéria religiosa.

Não é o que acontece. Além disso, qualquer fissura no edifício republicano - por mais insignificante que seja - tenderá a ser continuamente ampliada.

É um risco que não vale a pena correr, sobretudo em momentos tão tensos como os que estamos vivendo.

 

Assista na Íntegra:




Apresentação: Alberto Dines

Como assistir
Participe
Arquivo dos programas anteriores à 29 de maio de 2012

OI nas redes sociais:

    

Criado em 22/07/2013 - 13:51 e atualizado em 05/08/2013 - 15:35

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí