Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Vazamento de Informações - Edward Snowden

Programa debate violação de informações confidenciais de brasileiros

Observatório da Imprensa

No AR em 16/07/2013 - 23:00

Pauta

Editorial

Dos Telespectadores

Assista na Íntegra

 

Pauta:

Depois de um mês das primeiras revelações do ex-técnico em redes de computação Edward Snowden de que o governo americano monitora ligações telefônicas e trocas de mensagens de indivíduos e empresas há dez anos, o escândalo chega ao Brasil.

De acordo com Snowden, que trabalhou durante quatro anos em uma empresa privada que prestava serviços para a National Security Agency (NSA), milhões de e-mails e ligações telefônicas de brasileiros foram espionados pela agência. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos, onde 2,3 bilhões de telefonemas e e-mails foram rastreados.

O escândalo foi revelado em primeira mão pelo jornal britânico The Guardian e no último domingo, O Globo publicou os dados referentes ao Brasil. Através do software Prism, a NSA - que atua há seis décadas na espionagem da comunicação de outros países - acessa e-mails, chamadas de voz e conversas online de usuários do Facebook, Google e YouTube.

Desde que revelou as informações confidenciais, Snowden é procurado pelo governo dos Estados Unidos e busca asilo político em outros países.

Para debater o assunto, Alberto Dines recebe os jornalistas José Casado, Caio Túlio Costa e Bob Fernandes.

 

Editorial:

Bem-vindos ao Observatório da Imprensa.

A pauta das jornadas de junho ficou para segundo plano a partir do momento em que O Globo, na onda das denúncias do ex-agente Edward Snowden, revelou que o Brasil é o principal alvo do monitoramento cibernético dos Estados Unidos na América Latina.

Nosso país é o mais informatizado do sub-continente. Isso explica muita coisa. Porém é o mais desprotegido e, sobretudo, o mais desregulado. O ministro da Defesa, Celso Amorim, acrescentou uma forte dose de ceticismo no tocante à nossa vulnerabilidade digital ao declarar que há muito tempo não usa a internet para assuntos importantes.

A mídia está agitada, mas apenas na direção da "espionagem" e xeretagem internacional. Ainda não se deu conta de que, nesta história de violação de privacidades e soberanias, quem está sob forte suspeita - e por muito tempo - é o próprio sistema www, que a mídia contemporânea vem entronizando como a plataforma informativa do futuro.

 

Dos Telespectadores:

E-mails:

João Coimbra
Saber que somos vigiados, que vão saber disso e daquilo, que estão dispostos a dar golpe no governo, todos nós já sabemos. A Colômbia vive ocupação, Honduras foi o último caso e o Brasil é completamente subserviente aos interesses comerciais dos EUA. Mas o perigo agora são os drones, aviões bomba teleguiados que podem matar quem eles quiserem em qualquer lugar do mundo. Dizem que eles podem ser até do tamanho de mosquitos.

Graça
Por que não se exige que os órgãos públicos passem unicamente a TV Brasil? Entra governo, sai governo e a programação é de alto nível.

Marcelito
Olá, assunto ótimo do programa de hoje. Gostaria de saber se vocês acham que os jovens de hoje em dia, até crianças mesmo, estão deixando de fazer suas atividades para ficar no celular conectados no mundo virtual.

Luciano Fleury
Parabéns pelo portal. Ontem no Observatório vi algo inédito na tv brasileira: o esclarecimento sobre a agência NSA que vive quase como se não existisse, de tão secreta que é. Parabéns por fazer uma televisão sem amarras e honesta. O Brasil precisa acordar e assistir televisão de qualidade, e não novelas, como se comandassem a vida com um controle remoto ou vivessem como os atores.

Telefonemas:

Fabiano Tenuta, Valença / RJ
Dines, você acha que esse poder de espionagem dos EUA não seria uma espécie de quarto poder, uma censura como havia na ditadura?

Roni Muniz, Araguaia / TO – Funcionário Público
Filmes americanos retratam com frequência temas relacionados à espionagem. Agora isso saiu da ficção e se implantou na realidade. O Brasil está preparado para enfrentar essa invasão?

Josué Mattos – Vendedor
A grande imprensa vai continuar noticiando e denunciando o grupo que espionou informações brasileiras mesmo depois de ocorrido o fato?

Fabiano Bezerra, Vitória / ES – Taxista
José Casado, há a possibilidade dos EUA invadirem o sistema econômico do Ibovespa e fazer com que os papéis de empresas brasileiras se desvalorizem e fiquem no prejuízo?

Latur Aroeira, Ilhéus / BA – Comerciante
O programa está retratando como invasão à internet, mas na verdade é uma invasão à sua casa. Você no banheiro, na sala ou em qualquer lugar pode estar sendo espionado, ou seja, a privacidade acabou.

Valéria Caldas, Rio de Janeiro – Advogada
Espionagem com o governo já existe, mas por que espionar cidadãos brasileiros? Qual a finalidade? Será que essa espionagem tem a ver com a frequente morte de blogueiros que a mídia não noticia?

Leandro Ferreira, Rio de Janeiro – Professor de Música
Parabéns ao programa. Concordo com a posição da Dilma em apoiar a Venezuela para receber Edward Snowden, porque ele vai servir de exemplo para que outros não temam a repressão.

Luís Melo, Ilha Comprida / SP
Gostaria de enaltecer o programa e dizer que o Bob Fernandes foi fenomenal!

Menezes, Lauro de Freitas / BA
Por que não usam esse sistema de espionagem para investigar coisas como tráfico de drogas, por exemplo?

Elisângela Luiza, São Gonçalo / RJ – Professora
Quais os cuidados que eu devo ter ao acessar o Facebook? Até que ponto isso se torna uma ameaça para mim?

Aldo José, João Pessoa / PB – Estudante
O Marco Civil a ser votado vai impedir a espionagem americana?

 

Assista na Íntegra:




Apresentação: Alberto Dines

Como assistir
Participe
Arquivo dos programas anteriores à 29 de maio de 2012

OI nas redes sociais:

    

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 11/07/2013 - 19:15 e atualizado em 05/08/2013 - 16:32

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí