Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Artista argentino pinta seca do Rio Paraná

Repórter Brasil Tarde

No AR em 24/09/2021 - 12:15

Na Argentina, um artista decidiu mostrar os efeitos da seca do Rio Paraná em dois murais gigantes. O rio atingiu o nível mais baixo em quase oito décadas. 

As duas pinturas de quarenta metros de altura ficam na cidade argentina de Nicolas de los Arroyos.

Um dos murais mostra um menino tirando uma flor nativa do rio, enquanto o outro é uma menina com a imagem refletida na água. Os dois têm o objetivo de levantar um debate sobre os impactos ambientais e econômicos do rio. O autor das pinturas, Martin Ron, já criou centenas de murais em todo o mundo. Ele pinta entre 10 e 12 murais todos os anos e chama a arte que faz de "hiper-realismo mágico". A intenção de Ron é encorajar as pessoas a perceberem que as coisas precisam mudar.

O Rio Paraná, que começa no Brasil, passa pelo Paraguai e depois pela Argentina até chegar ao oceano, carrega cerca de 80% das exportações argentinas de soja, milho e trigo. Carga que é levada em navios gigantes. Os níveis baixos da água fazem com que as embarcações sejam forçadas a assumir cargas menores, dificultando o comércio.

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 24/09/2021 - 17:05

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí