Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

CGU conclui que não houve irregularidades na compra da Covaxin

Repórter Brasil

No AR em 30/07/2021 - 08:00

A Controladoria-Geral da União (CGU) apresentou o resultado de uma auditoria no processo de contratação e importação da vacina Covacxin, pelo Ministério da Saúde e concluiu que não houve irregularidades.

Agora, a CGU e a Polícia Federal vão investigar a representante da vacina.

Em resposta à CGU, a empresa Precisa Medicamentos divulgou nota em que reitera a lisura da negociação com o Ministério da Saúde e se coloca à disposição da Polícia federal para esclarecimentos.

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 30/07/2021 - 08:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí