Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Avanços na amamentação no Brasil

Pesquisador revela que mães brasileira amamentam mais e com mais quali

Sem Censura

No AR em 21/10/2020 - 14:00

O Sem Censura desta quarta (21) revela dados animadores sobre a amamentação no Brasil. Nossa conversa é com Gilberto Kac, coordenador do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Também no programa, a atriz Clarice Niskier, que fala sobre a reabertura dos teatros.

Segundo pesquisa da UFRJ – que visitou domicílios em todas as regiões do Brasil–, houve um aumento de mais de 12 vezes da prevalência de amamentação exclusiva entre crianças menores de quatro meses no país. Em relação à 1986, este patamar saltou de 4,7% para 60%.

Campanha Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar amamentando
Campanha Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar amamentando - Fernando Frazão - Agência Brasil

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a amamentação exclusiva no seio até os seis meses do bebê e até dois anos ou mais, de maneira complementar.

Para falar sobre os benefícios do leite materno, participa desta conversa a repórter Laura Meireles, da TV da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Ainda no Sem Censura, a atriz Clarice Niskier comemora a reabertura dos teatros. Ela está de volta aos palcos com a premiada peça “A Alma Imoral”, há 14 anos em cartaz. No teatro Petra Gold, no Rio de Janeiro, a lotação é de 10% do total de cadeiras disponíveis.

Confira ainda nesta edição todas as informações atualizadas ao vivo sobre a  pandemia com jornalistas do Rio de Janeiro, de Brasília e de São Paulo.

Você pode participar usando #semcensura no Twitter. A sua mensagem pode ser lida ao vivo.

Amamentação em pauta no Sem Censura
Amamentação em pauta no Sem Censura - Foto: Pixabay - Licença CC0/Domínio Público

 

Criado em 21/10/2020 - 11:25

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí