Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Seriado documental destaca papel do escaravelho no ecossistema Serengeti

Besouro recicla fluxo de energia para alimentar outros animais

A TV Brasil apresenta nesta quinta-feira (14), às 21h30, o terceiro episódio inédito da série Ícones da Vida Selvagem. Durante o documentário, a produção revela porque o escaravelho é um elemento-chave no ecossistema Serengeti, entre a Tanzânia e o Quênia.

Ao ingerir resíduos, o besouro recicla o fluxo de energia para alimentar todos os animais das planícies, do menor herbívoro ao maior predador. Um dos trabalhadores mais árduos do Serengeti, o escaravelho é extremamente importante para a renovação da paisagem.

O principal alimento deste pequeno animal são os excrementos de grandes espécies da fauna. Por isso, é comum vê-lo rolando bolas de esterco para enterrá-las no solo, para posteriormente se alimentar dessa matéria.

A bola de esterco também serve para abrigar os ovos que a fêmea põe, para a reprodução da espécie. Além de excrementos, o escaravelho come matérias orgânicas em decomposição, folhas, flores e grama.

Sobre a série documental

Ícones da Vida Selvagem apresenta um panorama sobre espécies nativas da fauna africana. Com oito episódios de 46 minutos, a primeira temporada destaca aspectos surpreendentes da vasta biodiversidade da região. O seriado mostra os instintos de sobrevivência de seres vivos das mais diversas famílias do reino animal que prosperam em seus habitats naturais.

Os documentários registram a vida ao ar livre dos principais bichos pelos quais a África é tão conhecida. Representativas, as espécies características desse rico ecossistema compartilham desafios fascinantes e imprevisíveis, seja como predadores ou caças.

Essa lógica confere equilíbrio a um sistema que sustenta a preservação da fauna e flora locais. De comunidades unidas de babuínos a graciosos rebanhos de gazelas, cabras e antílopes, a obra capta imagens extraordinárias de animais selvagens.

O programa observa aqueles de grande porte como rinocerontes, elefantes, búfalos e girafas, acompanha felinos como tigres, leopardos e leões, além de examinar até os menores insetos como besouros. Os curiosos suricatos também são lembrados, bem como os sinistros abutres, hienas e chacais.

A série direciona um olhar atento a algumas das espécies mais emblemáticas que ganham espaço na diversidade biológica de inúmeros complexos ecológicos do continente. A proposta é explicar histórias da evolução que se desdobraram por milhões de anos a partir dessa complexa teia de vida que vai desde as plantas na base da cadeia alimentar, passando pelas presas até os caçadores do topo.

A segunda temporada de Ícones da Vida Selvagem está prevista para entrar no ar na telinha da TV Brasil no final de novembro. Como seis episódios de 48 minutos, a produção documental desvenda o segredo para o convívio dos animais das diferentes espécies e esclarece a força das matilhas. O seriado traz edições com répteis e anfíbios assim como mamíferos, carnívoros e herbívoros.

Com horário alternativo na programação da emissora pública, os telespectadores podem assistir aos documentários aos sábados, às 14h. O programa ainda tem janela durante as madrugadas de quinta para sexta-feira à 1h45 e de sábado para domingo, no mesmo horário. A série Ícones da Vida Selvagem também fica disponível por 30 dias no aplicativo TV Brasil Play.

Ao vivo e on demand

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Sintonize: tvbrasil.ebc.com.br/comosintonizar.

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play, pelo site play.ebc.com.br ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV: tvbrasil.ebc.com.br/webtv.

Serviço

Ícones da Vida Selvagem – quinta-feira, dia 14/10, às 21h30, na TV Brasil

Ícones da Vida Selvagem – quinta, dia 14/10, para sexta-feira, dia 15/10, à 1h45, na TV Brasil

Ícones da Vida Selvagem – sábado, dia 16/10, às 14h, na TV Brasil

Ícones da Vida Selvagem – sábado, dia 16/10, para domingo, dia 17/10, à 1h45, na TV Brasil

Clique aqui para saber como sintonizar a programação da TV Brasil.

Criado em 13/10/2021 - 14:15 e atualizado em 13/10/2021 - 14:15

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí