Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Cozinhando com o Sol

Sustentáculos

No AR em 06/08/2010 - 19:19

Sustentáculos


A luz solar é uma das fontes de energia mais abundantes no Brasil. Em todas as regiões do país há um nível considerável de incidência solar, propiciando a sua utilização como combustível natural. Para mostrar como usá-la de maneira inteligente e eficiente, o programa Sustentáculos foi até Manaus e Fortaleza para saber um pouco mais sobre o sol que aquece as pessoas.


Em Fortaleza, Caio foi conhecer José Albano que, além de fotógrafo, é inventor. Zé Albano, como é conhecido na cidade, desenvolveu uma ideia bem interessante: um forno solar adequado para as regiões próximas do Equador. Utilizando uma tampa feita de materiais extremamente comuns como papelão, cabo de vassoura, borracha de câmara de ar e jornal velho, ele adaptou o forno solar - criado há alguns séculos - para o uso no nordeste do Brasil. Além de estar cooperando com a natureza usando energia renovável e não poluente, o forno tem outras vantagens. A comida não queima, não seca e não gruda.


Zé Albano possui um blog onde ensina a construir o forno (www.fornosolar.wordpress.com) e já deu consultoria para pessoas que construíram esse tipo de equipamento em Uganda e Malásia, lugares que estão na mesma posição do sol na linha do Equador.


Do fogo para a água, a segunda história do programa sobre energia solar vem de Manaus, mais precisamente do encontro entre as águas dos rios Negro e Solimões, onde navega o Seisui, um barco movido à luz do Sol. O nome é de origem japonesa e significa "água limpa", mas a ideia é brasileira. Com capacidade para quatro pessoas, o Seisui alcança uma velocidade de até 25 km/h e é usado para incrementar o ecoturismo local.


Apresentação Felipe Aragonez, Marina Thomé e Caio Braz


Horário: Segundas, às 20h30; reprise, sábados, às 18h30





Criado em 06/08/2010 - 20:19 e atualizado em 06/08/2010 - 20:19

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí