Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Museu Casa de Rui Barbosa

Conhecendo Museus

No AR em 06/03/2017 - 07:00

A bela Casa de Rui BarbosaNuma das antigas chácaras de Botafogo, bairro preferido como área residencial pela aristocracia brasileira, está a Casa de Rui de Barbosa. Um ano após a morte do líder político, em 1923, o imóvel foi comprado pelo governo com tudo dentro, como a biblioteca, mobiliários e os arquivos que viraram um museu invejável. Nesta semana, em sua última visita ao Rio de Janeiro, a equipe do Conhecendo Museus foi conhecer este belíssimo local.

Inaugurado em 13 de agosto de 1930 pelo presidente da República Washington Luís, o Museu é considerado o primeiro museu-casa do Brasil, por ser o primeiro dedicado a uma personalidade. O local abriga a memória da vida privada e pública de Rui Barbosa de Oliveira (1849-1923), jornalista, jurista, político, diplomata e um exímio orador. Atuou como deputado, senador, candidato a Presidência da República, participou de todas as grandes questões políticas e sociais da época, coautor da Constituição da Primeira República, e foi presidente da Academia Brasileira de Letras substituindo Machado de Assis.

A sala CivilistaA casa foi construída em 1850 pelo primeiro Barão da Lagoa, que se chamava Bernardo Casimiro de Freitas, um rico comerciante português. Internamente, o local é um convite à história do Brasil, a começar pelo nome dos ambientes, que representa cada momento marcante na vida pública de Rui Barbosa. Lá, está a “Sala Casamento Civil”, que ganhou o nome em razão da atuação de Rui pela obrigatoriedade do casamento civil; a “Sala Bahia”, em homenagem ao Estado onde nasceu; a “Sala Questão Religiosa”, que apresenta o interesse de Rui por este assunto;  a “Sala Maria Augusta”, em homenagem à sua esposa, com quem foi casado por 46 anos; a “Sala Constituição”, considerada o ambiente mais importante da Casa por ser a biblioteca de Rui Barbosa, e por aí vai ...

A biblioteca foi organizada ao longo de sua vida e reúne 37 mil volumes. Há livros sobre os mais variados ramos do conhecimento. A maioria das obras são jurídicas. Uma curiosidade é que Rui Barbosa possuía as legislações de todos os países, suas constituições, os códigos e as leis civis, comerciais, penais e processuais. Colecionava as obras dos maiores jurisconsultos dos séculos XIV ao XVII. Entre os exemplares, as Leis do Brasil (1808 a 1923), os Anais da Assembleia Constituinte (1823 e 1891), da Câmara (1826 a 1923) e do Senado (1826 a 1923).

A Sala ConstituiçãoO jardim é um detalhe a parte. É uma das poucas áreas verdes de Botafogo, o que lhe dá importância ecológica e social. Por seu valor histórico e artístico, o jardim e a Casa formam um valioso conjunto arquitetônico, protegido pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 1938. É considerado um jardim histórico, conforme definição da Carta de Florença, documento de 1981 que estabelece os princípios para a preservação de jardins. A vegetação ainda é bem semelhante à da época de Rui Barbosa, que gostava de cultivar novas espécies no jardim.
 




Direção: Amauri Mauro
Produção: Ana Moura

Criado em 04/08/2016 - 13:42 e atualizado em 01/03/2017 - 15:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Ultimas

O que vem por aí