Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Bianca Senna: "Queremos mudar o mundo pela educação"

Diretora do Instituto Ayrton Senna destaca missão da instituição

Impressões

No AR em 28/05/2019 - 23:00

No marco dos 25 anos de morte de Ayrton Senna neste mês de maio, a diretora do instituto que carrega o nome do piloto destacou o trabalho que a família tem feito para levar um sonho dele adiante: “Mudar o mundo pela educação”. Bianca Senna ressaltou, porém, que o objetivo não é substituir as ações de governo, mas unir esforços de toda a população.

“A gente precisa de muita gente para mudar. Não temos a pretensão de virar um MEC (Ministério da Educação). O papel do instituto é trazer o melhor da ciência, da tecnologia, da inovação, para dentro da escola, para ajudar no desenvolvimento das crianças e dos jovens. É isso que a gente vai continuar fazendo sempre”, disse em entrevista ao Impressões.

Bianca Senna: Não temos pretensão de virar o MEC, mas queremos mudar o mundo pela educação
Bianca Senna: Não temos pretensão de virar o MEC, mas queremos mudar o mundo pela educação - Divulgação/TV Brasil

Bianca conta que em 25 anos de atuação, o Instituto Ayrton Senna levou educação a mais de 26 milhões de crianças e adolescentes em todo o país e formou mais de 230 mil educadores. Neste mês, lançou mais uma fase da campanha: "Meu Educador, Meu Ídolo", que foca na valorização dos professores. “Ayrton é um ícone para todos nós e a gente gostaria que as pessoas começassem a entender que o professor deveria também ser nosso ídolo”, explicou.

Emocionada, a diretora relata o exemplo de um jovem assistido pelos projetos do instituto. Bianca lembra que de aluno mais baderneiro ele virou professor dedicado na recuperação dos estudantes. “Você poder mudar uma realidade, poder dar oportunidade para uma pessoa, fazer uma criança se desenvolver plenamente, eu acho que é a coisa mais bonita que você pode fazer na vida. Não tem nada mais importante e inspirador que isso”, conclui.

Sobre o futuro ela é otimista. Avalia que nos próximos 25 anos, na educação, “o Brasil será melhor, com mais equidade e mais potencial, com mais futuro”.

Na entrevista à TV Brasil, Bianca Senna também fala do convívio com o tio Ayrton, destaca as lições de vida que o piloto deixou e conclui que, se ele estivesse vivo, estaria muito feliz e orgulhoso com o trabalho da instituição. A diretora finaliza com um conselho: “Acelera na vida em descobrir o que você é, o que você gosta, no que você é bom e corre atrás”.    

Roseann Kennedy entrevista Bianca Senna, diretora do Instituto Ayrton Senna
Roseann Kennedy entrevista Bianca Senna, diretora do Instituto Ayrton Senna - Divulgação/TV Brasil

Criado em 24/05/2019 - 15:45

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí