Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

João Máximo, o novo integrante do "No Álbum da Bola"

Jornalista e escritor fala da infância e da origem do nome

No Mundo da Bola

No AR em 01/09/2019 - 21:00

Uma nova figura passa a integrar a coleção do "No Álbum da Bola" - o jornalista João Máximo. E nesse primeiro episódio da entrevista dada ao repórter Sergio du Bocage, ele conta a origem do nome. Máximo veio da fé católica da família para homenagear o santo do dia em que ele nasceu - 29 de maio. Aos 15 anos, ele estava na Copa do Mundo, no Brasil, e desde então acompanhou outras 17. Foi editor de jornais esportivos e publicou 18 livros. João Máximo lembra da infância e das brincadeiras que ouvia por conta do nome. Ele diz que Millôr Fernandes era um dos que mais o provocavam, mas que também recebeu homenagens divertidas, como do humorista Don Rossé Cavaca. Para o jornalista, ao longo da vida nunca traçou metas, nem um topo a ser atingido e garante que as coisas aconteceram na vida dele. João Saldanha foi outro amigo lembrado, e que dizia ser ele preguiçoso. João Máximo confessa que não se acha um escritor, mas"um jornalista que por acaso e circunstâncias escreveu livros". Dos 18, 17 foram por encomenda. E conta, bem humorado, que o único que escreveu, por iniciativa própria, demorou dez anos para ficar pronto.

Joao Maximo I1
João Máximo durante a entrevista a Sergio du Bocage

Criado em 01/09/2019 - 23:00 e atualizado em 01/09/2019 - 23:45 Por Sergio du Bocage

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas

O que vem por aí